Browse By

Retrô: Quem fez sentir em 2012

2012 foi um ano interessante para a TV aberta, especialmente para a Rede Globo. Bem verdade que fecha esse ciclo com suas telenovelas em baixa, mas viveu um período de glórias com Fina Estampa, Avenida Brasil e Cheias de Charme.

Especialmente com a última, a maior audiência da faixa das 19h nos últimos anos. Uma telenovela redonda que trouxe duas gratas surpresas ao mercado de teledramaturgia, Izabel de Oliveira e Felipe Miguez. Claro, além das Empreguetes, Chayene, Socorro e cia. Tudo deu muito certo nessa trama!

Aliás, para esse que vos fala, Cheias de Charme vence na categoria melhor novela e também música do ano: Vida de Empreguete foi a grande sensação da temporada, sucesso no video e especialmente na internet, fazendo a Globo dar atenção a esse novo nicho que cresce numa velocidade espantosa.

Um ano especial, ainda, para algumas atrizes. Adriana Esteves, Laura Cardoso, Claudia Abreu, Totia Meireles e Fernanda Montenegro, todas de talento indiscutível, brilharam na telinha. Emocionaram, fizeram rir e causaram ódio em quem as via na TV – no caso das personagens ruins.

Ah, ainda tem Glória Menezes, com a encantadora Dona Violeta de Louco Por Elas!

Período de redescobertas, recomeço. Fátima Bernardes deixou o Jornal Nacional, assustando todo mundo, e fez do seu Encontro uma realidade. Hoje a Globo tem uma trinca interessante nas manhãs, as melhores produções do período. Mais Você, Bem Estar e Encontro entretem enquanto informam. Vida inteligente na TV!

O Esquenta e Amor & Sexo voltaram com tudo, sendo que o segundo foi totalmente reformulado e viveu sua melhor temporada.

No quesito reprises, hora de matar as saudades de Maria do Bairro, Que Rei Sou Eu?, Felicidade e Renascer, todas indiscutíveis.

O Que Vi da Vida, do Fantástico, fez personalidades darem lição de vida. Emocionaram, a maioria. Belas histórias. Xuxa, inclusive, surpreendeu. Recorde de audiência, sua participação gerou debate na sociedade.

Carrossel, no mesmo ano em que a Globo deixou de olhar para as crianças, chegou para mostrar que esse público tem sim interesse em assistir televisão, só não estavam sendo fisgados por conta da falta de investimentos.

Na TV paga Chegadas e Partidas, Viva Voz, Estúdio i, 220v, Adorável Psicose e Decora fizeram diferença, boas opções!

As perdas foram muitas, e incalculáveis. A TV perdeu quem fazia rir, personalidades que viveram para nos alegrar. Chico Anysio, Hebe Camargo, Regina Dourado e Thelma Reston são alguns exemplos.

Destaco Hebe, especialmente, por, desde sempre, ser uma de minhas favoritas nesse veículo que eu tanto gosto. Nossa gracinha sofreu muito, sem merecer, e partiu deixando, além da saudade sem fim, a sensação de que ela não morreu não. Foi aprontar lá em cima, com Dercy, Golias e Nair Belo.

Os adoradores de TV que se comunicam via internet também perderam um amigo, um cara também bem humorado, sarcástico e, especialmente, parceiro. Vilson Malacrida assustou todo mundo com sua partida abrupta, mas continua vivo na memória de quem teve o prazer de conhecê-lo.

Na minha vida pessoal, também ano de recomeço, descobertas. Entre os destaques, viagem inesquecível para Orlando e todos os segundos que passo ao lado de meu sobrinho Vitor Hugo. Isso realmente não tem preço, presente de Deus e melhor do que qualquer coisa que o dinheiro possa trazer!

A gente procura a felicidade em tantos lugares e, as vezes, está ao nosso lado. É só não fechar os olhos.

Que em 2013 possamos manter essa parceria que já dura 13 anos. Que Deus nos dê sabedoria para enfrentar as dificuldades que certamente virão e, claro, que possamos retribuir com aprendizado, crescimento pessoal.

2013… vem que vem que vem COM TUDO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *