Browse By

Globo ainda é soberana porque concorrentes não se sustentam após sucessos esporádicos

Lembram da boa fase da Record nos anos 2000? As novelas foram bem aceitas, o público migrou para o canal e isso impulsionou a audiência de toda a programação.
Com pressa por ser líder, a emissora acabou focando em sensacionalismo e espantou meio mundo.
Antes disso, o SBT também já tinha dado bons sustos na Globo. Casa dos Artistas é o melhor exemplo, já que ferrou com a vida do Fantástico.
E a Manchete? Outra que teve grandes momentos.
Agora veja que coisa: a poderosa segue perdendo público, batendo recordes negativos.
SBT e Record têm alguns produtos fortes. Só que não ameaçam em tantas faixas. Uma coisa aqui, outra ali.
Não existe estratégia, um canal concorrente pronto para a guerra.
Olha só: Babilônia é um fracasso.
Não era o momento de jogar algo forte às 21h para enfraquecê-la ainda mais?
Quanto a Globo passava Bang Bang, a Record fazia a festa com Prova de Amor.
E agora? Nada.
Pois é….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *