Browse By

O que a Globo pode comemorar aos 50 anos?

Sim, nem tudo são flores para a Globo em 2015. Mas há o que se comemorar.
A maior vitória da platinada é a faixa matinal. Deixou os infantis de lado e focou em adultos.
Além disso, aposta cada vez mais no ao vivo. Agora, até o Vídeo Show voltou a ser em tempo real.
Das 5 até quase 15h ao vivo. Com isso, a tendência de queda ficou no passado nesse período, exceto em relação ao VS.
Malhação também se acertou, enquanto Rei do Gado bomba.
Sete Vidas está melhor posicionada que Boogie, e Alto Astral deu alívio às 19h.
Mas e Babilônia? Enfranqueceu o JN e a faixa noturna. Tapas & Beijos deve sair do ar com a pior audiência da história.
Ah, a Globo também salvou o Fantástico. Após mudanças que não cativaram ninguém, o programa voltou a ser jornalístico e está novamente na casa dos 20 pontos.
Mudanças chegarão aos sábados.
Mas a “novela das nove” é o carro chefe do canal. A Globo não se desespera tanto às 18h e 19h, mas quando o problema ocorre na faixa das 21h…
E justo no ano do cinquentenário?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *