Browse By

Por Amor sai de cena repetindo mais uma vez o merecido sucesso

Por Amor virou um clássico da teledramaturgia nacional e, por isso, foi reprisada pela terceira vez.

É um exagero, sim, mas como resistir? Tal qual Mulheres de Areia, Anjo Mau, A Viagem e O Rei do Gado, que tiveram o mesmo número de reapresentações – somando com as do Viva -, “vale a pena ver de novo”.

E dessa vez, uma surpresa: não achei Eduarda tão asquerosa como das outras vezes. Com receio da rejeição por conta da famosa página Eu Odeio a Eduarda, Manoel Carlos soube fazer a personagem evoluir e deixar de ser a mimada insuportável do inicio – feito que ele não conseguiu repetir com a nojenta da Camila. E com Marcelo.

Cheia de qualidades, Por Amor chegou ao seu ápice com um monólogo incrível de Antonio Fagundes. A revolta de Atílio em meio a uma Helena atordoada é um dos melhores momentos da história da TV. Que ator!

O mais curioso é que Por Amor encerra mais um ciclo deixando uma certeza: eu veria tudo de novo. Já poderiam emendar com um novo repeteco de Laços de Família… rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *