Browse By

Trombone: Tempos Modernos e a concorrência nada esperta

Tenho acompanhado Tempos Modernos, apesar de não morrer de amores por ela. Ainda acho a história meio confusa e um grande desperdício dos talentos de Antonio Fagundes, Marcos Caruso e Bébora Duarte. Até bons atores estão medianos. E o que era medíocre ficou pior, caso de Fernanda Vasconcelos e Grazzi. Graças a Deus o Guilherme Weber sumiu!

Até onde entendi Tempos Modernos era para ser uma comédia mas ficou tão estranha que, para melhorar a audiência, desligaram o robô Frank, sumiram com alguns personagens e mudaram a personalidade de outros. Agora está mais para melodrama, mas ainda assim muito chata!

Até que ponto vale a pena alterar os rumos de uma produção em função de audiência? Até não perdeu seu público para não prejudicar os programas seguintes. Vai que os telespectadores perdidos gostam do que a concorrência apresenta e acaba ficando por lá? Sorte da Globo que as concorrentes não são tão espertas assim.

* da internauta Nina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *