Browse By

Malu Mulher: Aquele da Dalva S01E03

Sábado e domingo são dias ruis, por isso acabei me esquecendo das exibições de Malu Mulher no Canal Viva. Mas vi o terceiro episódio.

Fico maravilhado quando vejo tamanha qualidade em produções antigas. Malu Mulher é muito bem finalizada.

Mais que isso: o texto é extremamente atual. Vivo ouvindo coisas do tipo “hoje é assim, antes é assado” e, no final das contas, quando assisto um produto como esse, ou como Vale Tudo, fico em dúvida sobre o que de fato mudou. Essa tal evolução que vivemos.

Neste episódio Malu tem um dilema com a empregada, Dalva.

A mulher não está rendendo o esperado, Malu ainda tem que lidar com o marido dela, boa vida, que inventa um monte de desculpas para lhe arrancar dinheiro. Não contente, faz a cabeça da esposa para que ela use um vestido da patroa no baile.

E são flagrados por Malu.

Na maior caruda vão entregar o vestido e, pior, Malu é obrigada a ouvir um monte de desaforos. E estava aceitando tudo numa boa, ainda queria contar com os serviços de Dalva.

Mas “Manivela” não calava a boca e ela colocou o safado em seu lugar: deixou claro que Dalva tinha que trabalhar dentro e fora de casa pra bancar um folgado explorador.

Pergunto: não é a realidade de muitas mulheres?

Gostei muito do que vi e lamento ter perdido os dois primeiros.

A propósito, chamou minha atenção a assinatura da Globo ao final do episódio: Sistema Globo de Séries.

3 thoughts on “Malu Mulher: Aquele da Dalva S01E03”

  1. L. says:

    Só eu que acho que a Globo deveria investir pesado em séries dramáticas? Sinceramente, na MINHA opinião, não vejo graça nas séries de '''humor''' que estão no ar. Vejo 'Tapas e Beijo' por simpatizar pelas protagonistas, mas sou ciente que a série está bem mediana e nada imperdível. Não gosto de 'A Grande Família' e, de verdade, em nenhum momento cogitei assistir 'O Dentista Mascarado'. De bom mesmo, só acho 'Pé na Cova'. Isso só me leva a torcer cada vez mais pela produção de séries dramáticas, vide 'Força Tarefa', 'A Cura' e a deliciosa 'Tudo Nodo de Novo'. Quero drama Globo! Séries dramáticas nunca estiveram tão em alta e só a Globo não vê isso!

  2. Cena Aberta says:

    Concordo, ultimamente estão muito focados em comédia. Foi uma pena Tudo Novo de Novo ter só uma temporada ;/

  3. Anônimo says:

    a mulher conquistou muito nesses 35 anos e essa minissérie contribuiu e muito para isso. um episódio que foi ao ar neste sábado que tratava de um homem que batia em sua esposa. a sociedade não mais tolera violência doméstica e é vergonhoso que já naquela época não havia uma lei que penalizasse com mais rigor esse tipo de bandido. enfim essa minissérie ainda é muito atual embora a mulher ainda tenha muito o que conquistar e com isso toda a sociedade ganha com mais justiça social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *