Amazon desiste de filme de Woody Allen após acusação de abuso e é processada pelo cineasta

Woody Allen decidiu processar a Amazon por cancelamento de filme (Reprodução)

O cineasta Woody Allen e a Amazon devem enfrentar uma batalha na justiça. O estúdio desistiu de lançar seu próximo filme, A Rainy Day in New York, que já estava filmado e editado. Ele decidiu, então, processar a empresa.

De acordo com o site TMZ, os advogados de Woody alegam que a companhia informou apenas em junho do ano passado que não lançaria mais o filme de drama. A história é estrelada por atores como Timothée Chalamet, Elle Fanning e Selena Gomez.

Na ocasião, Allen procurou a Amazon, que é responsável pela plataforma de streaming Prime Video, e cobrou explicações. A resposta foi de que o cancelamento da estreia eram pela quebra de alguns itens do contrato. Estavam inclusos fatos como “o retorno à tona de acusações de abuso sexual” e “declarações polêmicas” feitas por ele.

Acusações de abuso

As acusações aconteceram ainda em 1992 e foram feitas pela afilhada de Woody Allen, Dylan Farrow. Depois de uma investigação, o juiz concluiu que não existiam evidências o suficiente para que o cineasta fosse condenado. Apesar disso, foi negado que ele tivesse o direito de obter a guarda de qualquer um de seus filhos.

O retorno do escândalo aconteceu em 2014, ocasião em que o diretor recebeu o prêmio honorário Cecil B. DeMille Award no Globo de Ouro. Dylan publicou uma carta aberta em que voltou a reiterar seu relato inicial e garantiu que todas as acusações eram verdadeiras.

O contrato entre Woody Allen e a Amazon foi assinado justamente nesse ano. Dois de seus filmes, Cafe Society e Roda Gigante, foram lançados pela plataforma antes da quebra de contrato. A minissérie Crisis in Six Scenes também já estava disponível para os assinantes.

Aclamado e conhecido em todo o mundo, Allen já foi indicado ao Oscar dezenas de vezes. Ele foi agraciado com o prêmio de melhor diretor em 1978 por Annie Hall. O longa também recebeu o prêmio de melhor roteiro original. A categoria voltou a ser vencida por ele em outras duas ocasiões: em 1987, com Hannah and Her Sisters e em 2012, com Midnght em Paris (Meia-Noite em Paris).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *