Netflix desembolsa milhões por direito de exibição de documentário sobre mulheres na política americana

Knock Down the House foi adquirido por valor milionário pela Netflix (Reprodução)

A Netflix acaba de desembolsar um alto valor para ter o documentário Knock Down the House em seu catálogo. Ele foi exibido no Festival de Sundance e seus direitos vendidos à plataforma por nada menos que US$ 10 milhões.

A transação fez com que a atração se tornasse o longa desse gênero mais caro da história do festival. O recorde anterior pertencia a Icarus, também adquirido pela plataforma mais famosa do mundo. Na ocasião, o valor foi de US$ 5 milhões.

O documentário segue quatro candidatas mulheres progressistas ao longo das eleições do ano passado nos Estados Unidos. Uma delas é Alexandria Ocasio-Cortez, eleita para a Câmara dos Representantes do país.

Ela ficou conhecida por ter vencido com uma campanha com um orçamento muito abaixo dos concorrentes. Além disso, seu discurso foi pró-imigração e totalmente a favor de minorias, o que a fez ganhar notoriedade.

Cori Bush, Amy Vilela e Paula Jean Swearegin, que acabaram perdendo as eleições, são as outras protagonistas. Ainda não foi anunciada a data de estreia de Knock Down the House na Netflix.

Netflix quer ganhar prêmios com aquisição de filme com Zac Efron

A Netflix continua se mexendo e tentando ter o seu nome ligado às produções mais premiadas do cinema e da TV. Ela acaba de adquirir sua mais nova produção e acredita que ela tenha muitos frutos a colher para a empresa.

A plataforma mais famosa do mundo comprou os direitos de Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile. Ela poderá exibir o longa não apenas nos Estados Unidos, mas também em outros países. No filme, Zac Efron vive seu papel mais desafiador: o serial killer Ted Bundy.

O site The Hollywood Reporter afirma que o investimento da Netflix no longa-metragem foi alto: cerca de US$ 9 milhões. A publicação garante que a intenção do serviço é fazer com que Extremely Wicked seja notado pelas premiações mais importantes do cinema, o que inclui o Oscar.

É importante lembrar que Zac Efron é mais conhecido do público por ter estrelado a franquia High School Musical. Aos poucos o ator vem tentando se desvencilhar da imagem de ator para filmes adolescentes. Sua atuação no novo longa, inclusive, tem sido muito elogiada.

A série documental Conversations with a Killer: The Ted Bundy Tapes também fez muito sucesso no catálogo Netflix. Isso, claro, também somou pontos importantes para a decisão de se investir no longa.

A produção, que conta a história do seial killer pela perspectiva de Elizabeth Kloepfer, sua namorada, é dirigida por Joe Berlinger. Lily Collins, Haley Joel Osment, Kaya Scodelario, John Malkovich e Jim Parsons também estão no elenco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *