Séries originais da Amazon Prime Video ganham versões dubladas na plataforma

Séries da Amazon Prime Video ganharão versões dubladas na plataforma (Reprodução)

A Amazon Prime Video começa a disponibilizar suas produções originais em versões dubladas. A notícia é ótima para aqueles assinantes que não gostam de assistir suas séries e filmes preferidos com legendas.

A primeira novidade é a série The Marvelous Mrs. Maisel. A premiada produção teve sua dublagem liberada pela plataforma na última sexta-feira (15). Outras atrações também ganharão suas versões nas próximas semanas.

Se formar na faculdade, arranjar um marido, ter duas ou três crianças e um apartamento em Manhattan elegante o bastante para oferecer os melhores jantares de Yom Kippur: Miriam “Midge” Maisel (Rachel Brosnahan) não queria muito mais que isso. Mas a vida apronta para a jovem, e ela precisa depender do que mais consegue fazer bem. E a diferença entre dona-de-casa de elite e comediante stand-up num barzinho de hipsters não é tão assustadora assim.

O sucesso Homecoming, cuja primeira temporada foi protagonizada por Julia Roberts, terá sua versão dublada disponibilizada no dia 21 de fevereiro. Além de também ter sido premiada, a série é muito elogiada pelo público.

Na história, uma assistente social, seu superior e um soldado. Apesar de levarem vidas diferentes, os três trabalham juntos em uma agência do governo e, depois de anos de suas vidas dedicados aos serviços do governo, eles encontram-se, agora, em um complicado dilema. Enquanto assumem suas responsabilidades no trabalho, o trio não consegue ignorar seu desejo desesperador de retornar à vida civil.

Série documental Lorena chega à Prime Video

Amazon Prime Video acaba de disponibilizar mais uma novidade em seu catálogo. A série documental Lorena foi adicionada na última sexta-feira (15) e é mais uma opção para os amantes do gênero.

A produção conta com apenas quatro episódios. A estreia acontece algumas semanas depois da première mundial, que aconteceu no dia 29 de janeiro no Sunsance Film Festival. Jordan Peele é o produtor executivo do documentário.

A série apresenta uma perspectiva diferente de um dos casos mais notórios dos Estados Unidos. A narrativa sobre o escândalo envolvendo John Wayne e Lorena Bobbitt utilizada até agora é contestada pela produção, que tem Joshua Rofé como diretor.

Ainda nos anos 1990, Lorena, uma manicure da Venezuela e radicada no país, castrou o então marido John. Ela utilizou uma faca e ainda jogou o pênis de Wayne fora depois do crime. A ideia é tentar entender se questões como o abuso conjugal e a violência doméstica podem ser usadas como justificativas para a ação.

A série documental já está disponível para os assinantes da Prime Video.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *