A cosmopolita Bianca e o tradicional Zyah

13 de outubro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Depois de anos vivendo nos Estados Unidos, Bianca (Cleo Pires) volta ao Rio de Janeiro. Ao chegar, a moça estilosa e independente abala as estruturas da sociedade carioca promovendo uma festa de “descasamento” com direito a vestido de noiva, bolo e presença do ex-marido. Na ocasião, conhece o vaidoso advogado Stênio (Alexandre Nero). Os dois começam a sair e a viver um romance regado a  jantares em bons restaurantes, muita arte e cultura.

No auge do romance, Stênio convida Bianca a ir com ele para Turquia. Ela se anima com a chance de conhecer um país tão intrigante e diferente. Eles chegam ao país. Um lugar mítico e misterioso que povoa o imaginário de quem não o conhece e provoca os sentidos dos visitantes.  Os olhos se deslumbram com as paisagens enfeitadas pelas mesquitas majestosas, cujas cúpulas e minaretes apontam para o céu que, na Capadócia,também é o palco de centenas de balões. O paladar é aguçado pelas especiarias e temperos fortes, picantes e agridoces. O olfato sente a mistura de pistache, amêndoa e café. O toque é estimulado pelo relevo dos tapetes e tecidos minuciosamente bordados. O barulho e o burburinho dos bazares vibram, envolvendo a cidade.  
Nesse ambiente pulsante, a brasileira Bianca conhece o guia de turismo Zyah (Domingos Montagner). Suas personalidades são marcada pela atmosfera em que os dois se conhecem. Bianca é cosmopolita, moderna e efervescente como Istambul. Zyah é um homem rústico e forte como a Capadócia, seu lugar de origem.  Ele é um viúvo orgulhoso de suas raízes, de sua terra e com uma profunda ligação com os cavalos. Um homem capaz de misturar uma natureza rude com sensibilidade e cavalheirismo. Totalmente encantada com o jeito de Zyah, Bianca pensa em  abrir mão de Stênio e da sociedade em uma marca de jóias que fechou com Maitê (Cissa Guimarães), antes de sair do Brasil.

Mas largar tudo para trás seria o menor de seus desafios. Para ficar com ele, Bianca teria que conciliar visões de mundo muito diferentes e encarar a grande família de Zyah, que vive em uma aldeia no interior e é composta pela avó Farid (Jandira Martini), o irmão Kemal (Ernani Moraes), a cunhada Esma (Elizângela) e o sobrinho Demir (Tiago Abravanel).

Será que a independente de Bianca será capaz de suportar tantas amarras e adversidades? E Zyah? Conseguirá deixar algumas tradições de lado em nome do amor?

‘Salve Jorge’, próxima novela das nove da Rede Globo, é  escrita por Glória Perez e tem direção de núcleo de Marcos Schechtman e direção geral de Fred Mayrink.

Depois de anos vivendo nos Estados Unidos, Bianca (Cleo Pires) volta ao Rio de Janeiro. Ao chegar, a moça estilosa e independente abala as estruturas da sociedade carioca promovendo uma festa de “descasamento” com direito a vestido de noiva, bolo e presença do ex-marido. Na ocasião, conhece o vaidoso advogado Stênio (Alexandre Nero). Os dois começam a sair e a viver um romance regado a  jantares em bons restaurantes, muita arte e cultura.

No auge do romance, Stênio convida Bianca a ir com ele para Turquia. Ela se anima com a chance de conhecer um país tão intrigante e diferente. Eles chegam ao país. Um lugar mítico e misterioso que povoa o imaginário de quem não o conhece e provoca os sentidos dos visitantes.  Os olhos se deslumbram com as paisagens enfeitadas pelas mesquitas majestosas, cujas cúpulas e minaretes apontam para o céu que, na Capadócia,também é o palco de centenas de balões. O paladar é aguçado pelas especiarias e temperos fortes, picantes e agridoces. O olfato sente a mistura de pistache, amêndoa e café. O toque é estimulado pelo relevo dos tapetes e tecidos minuciosamente bordados. O barulho e o burburinho dos bazares vibram, envolvendo a cidade.  
Nesse ambiente pulsante, a brasileira Bianca conhece o guia de turismo Zyah (Domingos Montagner). Suas personalidades são marcada pela atmosfera em que os dois se conhecem. Bianca é cosmopolita, moderna e efervescente como Istambul. Zyah é um homem rústico e forte como a Capadócia, seu lugar de origem.  Ele é um viúvo orgulhoso de suas raízes, de sua terra e com uma profunda ligação com os cavalos. Um homem capaz de misturar uma natureza rude com sensibilidade e cavalheirismo. Totalmente encantada com o jeito de Zyah, Bianca pensa em  abrir mão de Stênio e da sociedade em uma marca de jóias que fechou com Maitê (Cissa Guimarães), antes de sair do Brasil.

Mas largar tudo para trás seria o menor de seus desafios. Para ficar com ele, Bianca teria que conciliar visões de mundo muito diferentes e encarar a grande família de Zyah, que vive em uma aldeia no interior e é composta pela avó Farid (Jandira Martini), o irmão Kemal (Ernani Moraes), a cunhada Esma (Elizângela) e o sobrinho Demir (Tiago Abravanel).

Será que a independente de Bianca será capaz de suportar tantas amarras e adversidades? E Zyah? Conseguirá deixar algumas tradições de lado em nome do amor?

‘Salve Jorge’, próxima novela das nove da Rede Globo, é  escrita por Glória Perez e tem direção de núcleo de Marcos Schechtman e direção geral de Fred Mayrink.