Ágape me decepcionou, um tremendo mais do mesmo

O Padre Marcelo Rossi é o único desses padres famosos que me toca, gosto dele. Por isso, pelo tanto que comentaram a respeito, resolvi ler Ágape. Me decepcionei.

A impressão é que foi feito pra vender, algo bem comercial. Não exploraram o novo.

É um livro que estuda algumas passagens da bíblia, o livro mais antigo do mundo e que já foi explorado e reexplorado.

Sabem os famosos sermões dos padres, quando em dado ponto da missa começam a tratar sobre algum tema da atualidade dou da bíblia? Pois é, Ágape é o segundo caso. Parece que pincelaram os sermões de Rossi e colocaram ali.

Isso não torna o livro ruim, claramente, mas eu esperava mais. Queria mais.

A Cabana me tocou muito mais e, como eu disse quando li, me senti próximo de Deus.

Ágape não conseguiu essa proeza, pena.

* Saiba mais sobre Ágape

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *