Amin Khader, uma morte de mentira e a coincidência com o que estou fazendo

No último domingo lancei, sem alarde, um novo blog. Se chama Lices e prefiro não explicar o motivo do título, acho que é explícito.

Esse espaço na verdade é uma crítica aos “jornalistas” de TV que leem informações sérias em colunas como a de Flavio Ricco e transformam as noticias, ou seja, criam polêmicas onde não existe.

Exemplo: a capa da Contigo dizia que Xuxa afirmava estar triste por conta do estado de saúde de sua mãe.

Teve uma (…), entendam como quiser, que mudou totalmente a notícia.

E o Lices tem como propósito mostrar com essas invenções são transformadas em “realidade” através de mentes criativas. Ou seja, qualquer um pode dizer estar fazendo jornalismo assim.

Foi exatamente isso que aconteceu hoje e nesse video vocês podem inclusive notar que em meio a lágrimas e caras de lamentações Celso Zucatelli diz que as informações sobre a morte de Amin Khader foram confirmadas.

Teve até a participação de uma jornalísta de uma credibilidade assim, imensurável.

A questão, no entanto, é que UOL, Terra, Estadão e demais portais também caíram na pegadinha. Todo mundo dando valor a uma postagem via Twitter.

Ou seja, é mais rápido assim, sai ganhando quem publica primeiro, não?

Checar nem pensar!

É assim o jornalismo de celebridades praticado no Brasil. Quanto mais polêmica, mais vende.

Aos interessados, clique aqui para conferir o blog Lices.

Como afirmo ali, a intenção não é tirar sarro dos citados, é uma crítica e está muito bem direcionada.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *