Amor à Vida arrasa também no segundo capítulo

A TV Globo acaba de exibir o segundo capítulo de sua nova novela das nove. Extremamente denso e extremamente bom.

Geralmente sentimos falta de um pouquinho de humor, para descontrair. Neste caso, mesmo sendo uma novela de Walcyr Carrasco, especialista no assunto, não há a sensação de que o folhetim esteja devendo.

Tá sobrando. Sobrando boas cenas, interpretações.

Na verdade até existe uma quedinha para o humor. De um lado Elizabeth Savalla com sua versão de Rita Cadilac e do outro Félix, de Matheus Solano.

O amigo João Paulo Dell Santo após apenas um capítulo decretou que Amor à Vida é de Solano e, depois do capítulo de hoje, isso ficou ainda mais evidente. Ele está arrasando.

Interpreta dois personagens ao mesmo tempo. O que se faz de bonzinho/enrustido e o vilãozinho purpurinado.

Em meio a todo drama que estão vivendo, como o cara me solta uma piada com mulheres molhadinhas por conta do Ninho? Pois é, mas ele não estava falando de mulher alguma, bastava observar o quanto ele secou o cunhado quando se deparou com o cara vestindo apenas uma cueca.

Ou sua alegria no bate papo no notebook. Mas sua esposa não é boba e está só sacando suas atitudes.

Hoje, Solano novamente mandou muito bem. Ao final do capítulo, no entanto, foi a vez de Paola Oliveira e Malvino Salvador.

Intensa, tensa e de arrepiar aquela cena da mãe carregando a própria filha, sem saber que é ela, e o falso pai perturbado com a possibilidade de perder uma criança que nem é dele.

Walcyr Carrasco, ao menos até aqui, parece não ter chegado a principal faixa de novelas da Globo para brincadeira.

3 comentários em “Amor à Vida arrasa também no segundo capítulo”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *