Aquele Beijo: O tempo passou e a novela ainda não aconteceu

8 de dezembro de 2011 0 Por Endrigo Annyston

Eu disse isso desde o início: Aquele Beijo não trouxe nada de novo, veio como uma sequência de outras novelas de Miguel Falabella como A Lua Me Disse e Negócio da China.

Os mesmos tipinhos e, pra ajudar, o elenco repetitivo. Toda novela dele, por exemplo, tem um homem vestido de mulher.

E eu sempre digo que novelas podem ser um arroz com feijão, muitas fazem diferença assim.

A Vida da Gente é um arroz com feijão, mas tipo aqueles preparados por nossas avós.

O Astro, idem, com um tempero pra lá de especial. Sabe quando o chef não conta o segredo?

Nenhuma novela tem a obrigação de ser uma A Favorita, mas pra fazer ter vontade de ver no dia seguinte, tem que instigar, gerar barulho.

E a sensação é a de que o tempo passou e nada aconteceu. A audiência, como resposta, está estagnada enquanto até Malhação tem esboçado reação e a história de Lícia Manzo segue aumentando os índices dia após dia.

Cabe dizer, entretanto, que ainda há tempo de Miguel Falabella dar um sacode em seu folhetim!