As novelas mexicanas não são autorais como as brasileiras

8 de abril de 2013 0 Por Endrigo Annyston


Se no Brasil conhecemos mais os autores que os diretores das novelas no México é o contrário. As novelas são mais dos diretores, produtores e não dos autores. Seria o mesmo que anunciassem por aqui que a próxima novela das nove é do Wolf Maya e colocassem só escrito na chamada que quem está escrevendo é o Walcyr Carrasco. Mas em todas as chamadas aqui do Brasil anuncia-se o nome de quem está escrevendo a novela e sabemos, que este, na maioria dos casos é o dono da trama, por aqui.
 

Como a maioria das novelas mexicanas são remakes e até mesmo remake de um outro remake o texto fica quase sempre em segundo plano e quem ganha os holofotes e manda e desmanda nas novelas são os diretores, chamados por lá de produtor, como nos filmes americanos. Tanto que nas notícias sobre uma nova novela se divulga quem está produzindo e raramente quem está escrevendo, adaptando. Então conhece-se muito Salvador Mejia Alejandre, Nicandro Dias, Pedro Damian, Carla Estrada, grandes produtores de lá e pouco fica-se sabendo dos autores.

E parece que por lá funciona bem, não se vê muitas notícias de brigas entre quem escreve e quem dirige até porque o diretor é soberano. O elenco inclusive, diferente aqui do Brasil em que os autores escolhem boa parte dos atores, lá o diretor é quem cuida disso e fim de papo. Aqui no nosso país esse modelo nunca funcionaria na Globo ou na Record que tem autores de renome, eles jamais aceitariam, mas no SBT já funcionou e muito porque a emissora assim como a Televisa vive mais de adaptações, de textos que já vêm prontos, cabendo ao autor contratado a adaptação e não a autoria já que o texto é de outro. Fico por aqui, um abraço a todos e até a próxima.

* Gilmar Moraes