As três principais emissoras do país perderam audiência

30 de agosto de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Os paulistas no passado parece que davam mais Ibope às grandes novelas, vide o grande sucesso de Tieta (chegou a dar mais audiência em SP que no Rio), Roque Santeiro, O Salvador da Pátria, Vale Tudo, Roda de Fogo, Rainha da Sucata (mais ibope em SP do que no Rio), Top Model, Ti Ti Ti (1ª versão), Cambalacho, Sassaricando, Que Rei Sou Eu, Brega e Chique, Renascer, A Viagem, Mulheres de Areia dentre tantas outras.

Hoje em dia é perceptível que diferentemente de outros Estados, São Paulo vem apresentando um share mais baixo do que o normal, mesmo considerando crescimento da TV paga e internet. Programas como Ratinho e Mutantes antigamente também tinham mais audiência, mas hoje perdem fácil para a Bandeirantes na capital paulista.

Três emissoras perderam muito ibope em SP: Globo que estrondava na década de 80 e início dos anos 90 (novelas que alcançavam facilmente 60 pontos e algumas vezes 70 ou mais), época de share bem alto e que não existia internet e a TV paga ainda nem engatinhava. O SBT que sempre teve excelente ibope junto aos paulistas desde os anos 80 com linha de shows, filmes e programação de domingo, cuja melhor fase foi no final dos anos 90 com a consolidação do sucesso de novelas mexicanas ( Marimar, Maria do Bairro, A Usurpadora, Luz Clarita, O Privilágio de Amar…) e início dos anos 2000, além de programas como Show do Milhão, Ratinho, filmes de grande bilheteria, Casa dos Artistas, Domingo Legal, e claro o Programa Silvio Santos.

Já a Record, que dificilmente sonhava em fazer sucesso com sua teledramaturgia, investiu pesado nessa área, no jornalismo e entretenimento em geral. Resultado: crescimento desenfreado entre 2004 e 2008, mas que despencou a partir de 2009. Em comum, as 3 principais emissoras perderam o ibope que tinham, mas baseado no atual contexto, a praça de São Paulo especificamente é a quem tem o share mais baixo, ao contrário de outros tempos. E isso, por mais que aquela novela ou aquele programa sejam imperdíveis, de qualidade, que chamem  atenção do público, hoje em SP não surtem efeito.

Escrito nas Estrelas, Passione, Ti Ti Ti (embora tenha melhorado o ibope das sete, mas nada comparado a um megassucesso como A Viagem ou Top Model), Malhação, Caminhos do Coração, Ratinho, Gotino, Programa Silvio Santos que o digam…… Efeito internet e TV paga? Com certeza, mas em SP, que é o principal mercado do país, esse efeito é muito mais devastador que em outras praças, para desespero dos executivos de TV.

* do internauta Pedro