Autor de Amor & Revolução é a maior piada das novelas brasileiras

4 de julho de 2011 0 Por Endrigo Annyston
Manchete da coluna Zapping de hoje: “Novela do SBT apela para descamisados”.
Tá, uma coisa Carlos Lombardi.
Só que não fica por aí. Depois do beijo gay, sexo em igrejas, vem aí ainda mais sexo e sedução.
O autor disse o seguinte: “Vou aproveitar o elenco, que é lindo. Vai ser um desbunde dos anos 1960, uma ode ao amor livre”.
Só que existe um detalhe que o autor ainda não entendeu.
Ele não é um bom roteirista, portanto, tendo torturas, sexo selvagem, mutantes ou o que quer que ele queira fazer, não vai dar audiência.
Santiago conquistava bons índices na Record porque estava em uma emissora embalada, qualquer coisa naquela época tinha bons resultados.
O que vemos, agora, é um autor desesperado para mostrar resultados ao patrão Silvio Santos.
But… é o que eu disse outro dia, né? Silvio comprou mortadela pensando ser caviar.
Continua tentando Santiago, vai que cola?!