Avanço tecnológico e o esvaziamento da criatividade

9 de agosto de 2010 0 Por Endrigo Annyston

O blog chamou a atenção para um fato interessante e acho que isso merece um  aprofundamento sobre o que está acontecendo com a televisão ultimamente. A coluna Ponto de Vista  falou das sub-celebridades instantâneas que tem tomado conta de páginas de jornais, revistas e programas  que se dedicam  ao assunto “celebridade”.

A  veterana atriz Aracy Balabanian em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, recentemente, revelou um sintoma dessa  invasão: “Hoje, vejo que se tenta melhorar, melhorar, melhorar, e tudo ficou tecnicamente melhor. É HD, luz, equipamento, mas a televisão sofreu um empobrecimento”. Direto no alvo. Com essas poucas palavras Aracy sintetizou tudo aquilo que tem se tornado sintoma de um tempo: O avanço tecnológico que deveria vir pra somar na produção de uma televisão cada vez melhor acaba por subtrair ao tirar dela a base mais importante: a criatividade e o desenvolvimento de  conteúdo  literário, estrutura importante para uma grande obra.  Disse Balabanian: “Me sinto como as mulheres frutas”.

A era digital, me parece, trouxe muitos benefícios mas trouxe consigo um efeito colateral muito grande. De fato, os efeitos colaterais muitas vezes ultrapassam em importância o efeito original. E um desses efeitos mais daninhos passa exatamente  nessa construção de celebridades instantâneas, que por sua vez acaba abafando  o trabalho das celebridades de verdade.

A crescente proliferação de “mulheres-frutas”, seja no sentido físico quanto no conteúdo cultural, encontra amplo respaldo nas novas plataformas que permitem essas pessoas ganharem asas. Daí acabam pautando o noticiário durante uma semana enquanto na próxima vem outros e outros e assim vai…. preenchendo as páginas de revistas. Sem contudo, uma perspectiva de continuidade.

Se vislumbrarmos um pouco sobre o rumo que a nossa televisão está tomando vamos nos dar conta que  não existe nessa nova geração um  ator ou atriz que tenha destaque e uma promessa de futuro como os da geração passada. Quem, por exemplo, é aspirante a uma Fernanda Montenegro, Antonio Fagundes, Claudia Raia???

E quando esses se forem, como fica???

* do internauta Aristides Francisco