Avenida Brasil: Eu tô com medo

As pessoas me ligam ao João Emanuel Carneiro. Por saberem o quanto eu admiro esse autor, pelo tanto que falei e falo de Cobras & Lagartos, A Favorita e A Cura, especialmente as duas últimas, muitos criaram um elo comigo e João. Identificação eu diria.

Desde que as notícias sobre Avenida Brasil começaram a pipocar as pessoas compartilham coisas comigo e pedem minha opinião.

E eu sempre respondo que não vi, não sei. E eu realmente sei pouca coisa sobre AB.

Sei que tem Debora Falabella, Murilo Benício, Adriana Esteves, Vera Holtz e um lixão. Ah, e vi o teaser. Só.

Desde o primeiro momento eu decidi que queria surpresas, só que, conforme a novela vai se aproximando, as pessoas começam a cobrar mais de mim.

E aí que eu não consegui ver as novas chamadas. Nenhuma. Descobri que estou com medo. É uma responsabilidade que assumi sem ter assumido. No sucesso ou no fracasso.

De um lado eu vejo como uma forma de carinho, e não deixa de ser. Alguns de vocês ouvem sobre João Emanuel e seus trabalhos e me procuram.

É bem louco isso. Estava lembrando o quanto ficava cansado na maratona que fazia de A Favorita no Cena.

Será que vai ser igual? Melhor? Pior? Só sei que quero ser surpreendido, descobrir tudo na hora e, felizmente, tô conseguindo escapar de tudo.

Tô vencendo, na “era do spoiler”.

* agradecimento especial ao Ricardo Ferrarez que enviou o logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *