BBB: A merecida vitória da Praia, só faltou um

Ontem, em respeito ao João Carvalho, nenhuma comemoração sobre a vitória de Fael enquanto ele estava por ali. Quando a porta de fechou, a situação era outra.

Todos respiraram aliviados, inclusive Fabi. Continuei com pena dela.

Durante todo o programa estava com cara de velório e em sua face era possível verificar o terror que estava vivendo. Depois, o alívio.

Acho que ela não poderia e não pode falar isso pra não se queimar, mas colocou Fael na dança porque sabia que ele tinha mais chances contra JC que Kelly.

E aí todos se jogaram na piscina e curtiram a vitória que fizeram por merecer.

Foram colocados contra a parede pela selva e, não querendo jogar, basicamente combinaram votos em uma ocasião.

Quando não “fizeram”, ocasionaram na saída de João Maurício. Pensei nele logo que João Carvalho saiu e fiquei feliz por terem se lembrado do amigo que é tão merecedor daquele lugar quanto eles.

Conseguiram provar que estavam certos e se livraram de todos do quarto concorrente e também de JC que, mesmo sendo “praia”, sempre fez questão de afirmar ser selva. Só mudou de lado por conveniência.

Dos quatro restantes, não gosto de Jonas. Estou com Monique, acho que ele pensa antes de falar e atua mais que todo mundo. Não me engana.

Acho, acima de tudo, que os piores paredões nessa reta final podem ser entre Kelly e Fabi ou Fabi e Fael, especialmente com os últimos dois.

Eles me farão lembrar quando Pink e Jean se enfrentaram antes da final.

Só faltava a “planta” Kelly ter a mesma sorte de Grazzy, hein?

Vai ser uma final bunda e com resultado óbvio, mas, independente de quem leve o prêmio, os quatro mereceram ficar para a reta final.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*