Bem feito para o Jornal Nacional e cia

LASTIMO

Nunca entendi porque causa, motivo, razão e circunstância alguns telejornais optam por gravar com antecedência a escalada.

Não bastasse isso, tem algo pior e que incomoda, muito: aquela conversinha fake entre os âncoras. Muitos jornalísticos seguem diariamente essa “regra”.

É feio e não acrescenta nada. Por que não ler as manchetes do dia ao vivo, assim como o restante do jornal?

Ontem o Jornal Nacional pagou um tremendo mico. A escalada enroscou e ficou se repetindo, repetindo, até que Patrícia Poeta e William Bonner decidiram seguir a vida, culpando um “problema técnico”.

E vão insistir no erro, querem apostar quanto?

Dos males, o menor: o erro realmente foi técnico, ao menos a apresentadora não confundiu o nome do telejornal com o da concorrência…

ESTIMO

O “vem aí”, da Globo. Há algum tempo venho batendo nessa tecla: a situação realmente não está boa, no entanto, estão batalhando por tornar a programação atrativa para os telespectadores.

Sem baixar o nível, como as concorrentes andam fazendo.

Esse “vem aí” chamou a atenção de todo mundo por não revelarem de início do que se tratava.

Pode ser que não altere a audiência de nada, haja vista que são poucas as novidades da “nova” programação, contudo, estão tentando.

As vinhetinhas ficaram bonitinhas!

Estimo, também, a participação da querida e grande atriz Nicette Bruno na edição de ontem do Encontro, contando um pouquinho do início de sua carreira. Emocionante o final, com declaração do também querido Paulo Goulart. Lindo casal!

8 thoughts on “Bem feito para o Jornal Nacional e cia

  1. Esses erros nas transmissões,principalmente as jornalísticas são normais,se fossem em outra emissora deixariam passar ,mas como é na "l´der de audiencia" os urubus" ficam criticando."Errar é humano".

  2. Endrigo, boa parte dos telejornais gravam a escalada do noticiário. Fica mais bonito esteticamente, dá para fazer as inserções de imagem, passagem dos repórteres chamando as manchetes. As chances de errar numa escalada ao vivo são muito maiores….quem já trabalhou em TV sabe disso. O que aconteceu no JN foi um erro humano, coisa que já aconteceu e pode acontecer com qualquer profissional de TV. Particularmente, não acredito numa linha que a Fabiola Reipert escreve. Não acho que deve ter rolado demissões, mas bronca com certeza….vai por mim, poderia ser muito pior. Bonner e a Poeta se sairam muito bem e tocaram o jornal com classe. E isso é o mais importante. Todo mundo erra. Até a Globo erra.

  3. Wander, a Fabiola se aproveita de qualquer noticia pra criar outra. Tipo o Léo Dias que disse que cabeças rolariam no Domingão só pq perderam pro Gugu domingo. Assim fica facil fazer "jornalismo"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *