Big Brother Brasil 12: Balanço da primeira semana

16 de janeiro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Amanhã o BBB12 completa uma semana do ar repleto de polêmicas, do jeito que o diabo gosta. Ai, desculpa, eu quis dizer o Boninho.

A principal delas, aliás, o diretor omitiu na edição desse domingo, o caso em que Daniel molestou Monique enquanto ela dormia – gente, pelo amor de Deus, vou dizer mais uma vez: existe um outro video além daquele que vocês viram, ou seja, no primeiro ela realmente participa, no segundo, entretanto, está desacordada. Vocês acham mesmo que até famosos entrariam nessa briga a troco de uma coisinha de nada?

Antes da estreia também diversas polêmicas pipocavam na mídia: desistências e videos pornôs estão entre elas.

Enquanto confinados quem chamou a atenção negativamente foi Jakeline. Ela não é uma pessoa ruim mas já tem uma voz irritante e, pra ajudar, em dados momentos a moça é bem chatinha, só chora e reclama!

E é por isso que, pelo resultado das enquetes, não faz o menor sentido o que Analice disse para tranquilizar a moça. Aparentemente vai vazar m-e-s-m-o e ela procurou por isso.

Também não dá pra entender o que leva alguns concorrentes já na primeira semana querendo combinar votos. Será que não entenderam, após doze edições, que o povo pega birra de quem faz isso?

Achei, acima de tudo, de uma idiotice sem fim quem está colocando o cowboy num pedestal. Jura que ele tem coração bando de burros? Se acham espertos mas estão ajudando os telespectadores a definirem o campeão da edição, continuem assim…

E por essa semaninha eu acredito que os mais populares sejam realmente Fael, João Carvalho, João Maurício, Ronaldo, Kelly, Mayara, Analice, Jonas, Rafa e Fabiana, os demais são meio apagadinhos e sem sal.

Não gostei da primeira festa e adorei as provas da imunidade e da comida, entretanto, contudo e todavia, esses esforços ainda não foram suficientes para quebrar a harmonia da casa.

Quer dizer, a situação está começando a mudar a partir da combinação dos votos com os concorrentes começando a fazer o jogo acontecer.

O único problema, insisto, o maior de todos e o pior dentre todas as edições segue como o silêncio dos responsáveis pelo jogo com relação ao estupro. Continuamos aguardando uma posição da emissora.