The Big C. voltou melhor do que esperávamos, certo?

1 de julho de 2011 0 Por Endrigo Annyston
Quem poderia imaginar que apesar de termos ficado tristes com a morte da Marlene acabaríamos surpreendidos?
Quer dizer, bem que eu disse que deveríamos acreditar nos roteiristas, né? Se foram capazes de criar uma produção tão boa, uma das melhores séries da temporada passada, porque iriam queimar uma personagem tão boa a toa?
Eu super adorei Marlene de “Gasparzinha, a fantasminha camarada”. Bom, pra gente, né? Cathy não está gostando nadinha e até está meio temerosa, o cão Thomas foi assassinado duas vezes em um único episódio hahahaha
Gente, o festival de pum?
Sean surtado?
Continuo na torcida para que Cathy fique com o médico. Aquele marido dela é bonzinho e tal mas é muito bocó, né?
Não a toa ela teve uma tórrida aventura sexual com o pintor…
Ah, e essa louca surgindo no consultório médico e armando um barraco?
The Big C tem algo incrível que é o fato de você mesclar sentimentos e sensações quase que ao mesmo tempo.
Você começa a se sensibilizar com algo e quando menos espera solta uma tremenda gargalhada frenética.
Sério, os roteiristas tem um dom mutcho loco!
Adooooooro!
::
Pra não passar em branco, vi o season finale de Nurse Jackie e Blue Bloods e achei bem bunda.
O Series Premiere de Drop Dead Diva tipo, posso dizer que cochilei? Sério mesmo, boring.
Ah, tô vendo e adorando Weeds, muito minha cara. Quando terminar a primeira temporada faço um post.
Hum… também achei bunda o primeiro episódio de True Blood que eu não ia mais assistir mas tipo não resisti.
Vou ver o segundo e depois comento!!