Brothers & Sisters é a série da minha vida (season f.)

Por anos disse que Friends era a série de minha vida e após quatro temporadas de Brothers & Sisters e também depois de tudo o que vi na season finale, acho que é chegado o momento de passar o trono para a família Walker.
Nunca me envolvi tanto com uma produção. Eu vivo Brothers & Sisters.
Não há como assistir sem vibrar, ficar tenso, se emocionar ou chorar e rir ao mesmo tempo. É uma alternância frequente de sentimentos.
Eles parecem ser tão reais que acabamos vivenciando suas emoções, como torcer por Sarah e Luc, ficar triste por cada – as vezes merecida – patada que Nora leva dos filhos por se meter tanto, por Justin querer fugir do casamento com Rebecca, Holly vendendo suas ações sem comunicar os Walker, ou, pior que isso, a falência definitiva da Ojai.
Mas esses roteiristas são tão sacanas que nos fizeram ficar chateados imaginando o que seria de nossa série sem a Ojai, que é uma das responsáveis pelos muitos conflitos, enquanto nos surpreendiam e também os personagens com a descoberta do real significado de Narrow Lake, que será nossa nova Ojai ou pior – logicamente a festinha de dançar feliz da vida em baixo da água jorrando não vai durar muito.
E após tantas alegrias como o bebê de Kevin, o restaurante, Narrow Like… bem, nada é perfeito, né?
Uma terrível tragédia tornou indescritível esse final de temporada.
O acidente, acredito eu, não traz segredos. Deve ser para atender o pedido do ator Rob Lowe que irá se afastar e, portanto, Robert deve morrer – surpresa maior foi o que fizeram em Private Practice, bitchs!
E ainda teve a revelação de que sim, Saul tem aids.
Depois do drama vivido por Kitty, agora é a vez do irmão de Nora – eles ainda enfrentam as limitações impostas pela nova realidade da mãe de Nora e Saul.
Eu disse que seria um final inesquecível e realmente foi.
Não a toa me deu a certeza de que era o momento de coroar essa produção como minha favorita, por todas as razões do mundo.
* publicado originalmente em 1 de julho


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *