Carla Vilhena desmente notícia sobre “boicote” no Bom Dia SP

12 de abril de 2013 11 Por Endrigo Annyston

Eu peguei o costume de duvidar das coisas. No meio televisivo/celebridades existem tantos invencionismos que é difícil levar tudo a sério.

E fiz isso quando surgiu a informação sobre o boicote a Carla Vilhena em sua despedida do Bom Dia São Paulo.

Segundo circulou por aí, ela tinha preparado um texto de despedida e teria sido proibida pela Globo. Nervosa e chorando, “abandonou” o Bom Dia Brasil e foi embora sem levar seus pertences.

Fui ver os videos dos jornalísticos. Vilhena estava normal no comando do BDSP, até sorriu durante a exibição de uma matéria sobre o sucesso do estilo de Giovana Antonelli nas ruas de São Paulo. Não aparentava nervosismo.

Também não vi nada demais em sua passagem pelo Bom Dia Brasil, apesar de realmente ter achado estranho o fato de em dada entrada de São Paulo ela não estar presente.

Mas pensei duas coisas:

1- Se ela realmente quisesse se despedir do Bom Dia SP, teria feito. Era ao vivo e seria impossível cortá-la, aí sim ficaria feio para a Globo;

2- Vilhena é mulher de personalidade, se algo tivesse incomodado a jornalista, no mínimo teria usado o Twitter para se manifestar;

Além de tudo isso, admirável. A mulher conviveu os últimos anos com o ex-marido, Chico Pinheiro. Mesmo separados seguiram apresentando o SPTV e, depois, em contato no Bom Dia Brasil. Nunca houve um estranhamento sequer.

Ora, a pessoa que consegue fazer algo assim, só por isso já merece reconhecimento.

Pesa também o fato de que seu sucessor, Rodrigo Bocardi, não ia estrear na sequência de sua saída, diferente de quando Fátima Bernardes passou o bastão para Patrícia Poeta, por exemplo.

E ainda tem mais um detalhe: a jornalista já está calejada, viveu diversas mudanças e certamente a Globo vai encontrar algo além de “reportagens especiais para o Fantástico”.

Bom, resumo da ópera: ela enviou uma nota a imprensa desmentindo as informações, como previ.

Segue a íntegra:

“Em relação à nota sobre minha saída do Bom Dia São Paulo, gostaria de esclarecer que fui informada por Cristina Piasentini, diretora de jornalismo em SP, uma semana antes de sair de férias, que, por conta de um convite do Fantástico para reforçar a equipe do programa na capital paulista, caso eu aceitasse, deixaria a bancada do matinal. Depois de anos acordando cedo, embora ame o Bom Dia, aceitei. Não é verdade que chorei no ar, tendo de ser substituída às pressas. Sou uma profissional com anos de atividade, experiente. Como qualquer pessoa, já me emocionei com notícias do próprio telejornal, nunca por uma situação pessoal. Naquele dia, isso não ocorreu. Já havia encerrado minha participação prevista no Bom Dia Brasil, quando me comovi conversando com uma colega grávida. A participação de Eliana Marques no Bom Dia Brasil, chamando o Globocop, já tinha ocorrido em outras ocasiões. Quis me despedir no ar na sexta, mas fui informada para não fazê-lo, porque estava saindo de férias. Farei minha despedida ao apresentar Rodrigo Bocardi ao público na estreia dele, como já ocorrido em outras ocasiões com outros colegas. Lamento que uma mudança tão positiva na minha vida profissional tenha gerado tantas notícias truncadas. Sempre fui muito bem tratada na Globo, por todos, e continuo a ser. Tenho orgulho de fazer parte dessa equipe e ajudar a engrandecer o jornalismo da maior empresa de comunicação do país. A Globo me autorizou a dizer que o anúncio oficial sobre a minha saída e a entrada do Bocardi será feito nos próximos dias, quando a emissora achar conveniente. Carla Vilhena”