Carta Aberta à Xuxa Meneghel

27 de março de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Hoje você comemora 49 anos, ou cinquenta, como disse no sábado. A diferença é pouca e, na verdade, não pesa.

Você nunca esteve tão bonita, faz parte de um clube restrito onde o tempo só faz bem.

Dias atrás fiquei surpreso quando Jim Parsons disse no Ellen DeGeneres Show ter 39 anos. Eu não daria 40 anos nem pra unha dele. Nem pra você.

Sábado você me fez chorar mais que na semana anterior, quando veicularam um programa especial em homenagem aos portadores de Síndrome de Down.

Seu desabafo falando sobre a nova idade, o carinho do público e o fato de se ressentir por não poder retribuir e, especialmente, ao falar sobre a doença de sua mãe, foi muito tocante.

Mãe é mãe e isso quando tempos uma tremenda mãe.

E eu escrevo pra te felicitar e desejar saúde, pra você e sua mãe. Quando alguém importante não está bem é difícil ser indiferente.

Te admiro por tentar, não só com relação a esse difícil momento, mas em tudo na sua vida. Nada nunca foi fácil.

Todo mundo posa sem roupa, alguns fazem pornôs e outros se exibem via webcam. Mas você ter tirado a roupa é um pecado pra muita gente.

Certa vez vi um filme da Nicole Kidman com uma criança na banheira e nunca li críticas a respeito. Muitos te crucificam por algo que fez na juventude, como se a gente, enquanto jovem, não tivesse feito algo que nos rendesse arrependimentos.

Não acho que seja fácil ser Xuxa, mas você consegue.

Mesmo tendo recebido tantas “pedradas” durante a vida por parte da imprensa que adora pegar no seu pé ou por não permitirem que você possa fazer aquilo que realmente te faz feliz, que é se direcionar apenas aos pequenos, continua firme e forte.

Por isso eu não te parabenizo apenas pelo dia de hoje, é por toda uma vida.

Sobreviver nesse veículo difícil que é a televisão há quase trinta anos, onde muitos são esquecidos pelo público e acabam saindo do ar, realmente não é pra qualquer um.

Você está numa lista restrita que inclui Silvio Santos, Hebe Camargo, Ana Maria Braga e alguns outros poucos.

Já tentaram de todas as formas lhe tirar a coroa, mas continua sendo rainha para seu público.

E é um prazer saber que em meio a todos os desafios, segue o destino que Deus lhe deu.

Saúde, sucesso e os sinceros votos de felicidades do Cena Aberta!