Caso Kadhafi deveria fazer a imprensa rever seus conceitos

Você liga a TV é Kadhafi, compra um jornal, revista ou acessa a internet… Kadhafi.

Não quero discutir o “merecimento” da morte, acho que o buraco é mais embaixo.

A forma com que ele foi assassinado foi chocante e, pior que isso, se é que é possível, são as imagens.

A imprensa em geral divulgou fotos e videos sem sequer avaliar como isso chegaria até cada um de nós.

Eu fiquei horrorizado, não queria ver esse tipo de coisa, contudo, não tive como fugir.

Não existiu o cuidado de “mude de canal caso não queira ver pois as próximas imagens são chocantes” ou algo do tipo “caso queira, clique no link”.

Hoje já acordei com o estômago revirado pois ao acessar a globo.com a imagem dele ainda estava por ali, todo ensanguentado.

É de uma falta de gosto e de um sansacionalismo indescritível.

Precisa? Realmente precisa de tudo isso?

Não existem crianças vendo esse tipo de coisa?

Insisto: pra que classificação etária nas novelas quando o jornalismo consegue, além de chocante, ser desprezível?



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *