Estreia da FOX Sports Brasil na TV Paga movimenta bastidores

28 de janeiro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

 *Por Wander Veroni 

Jogos exclusivos e a promessa de querer fazer a diferença nas transmissões esportivas na TV Paga. Será? Marcado para o dia 05 de fevereiro, o canal FOX Sports estreia no Brasil com uma programação 100% nacional e um investimento médio de US$ 200 milhões de dólares – apesar de não se saber ao certo em qual operadora entrará. Concorrente direta do ESPN, TV Esporte Interativo e do SPORTV – canal esportivo da Globosat, o FOX Sports já chega no país brigando diretamente com as Organizações Globo para poder entrar no pacote básico das duas principais operadoras de TV Paga no país, a NET e a SKY.

De propriedade do FOX International Channels (FIC), uma empresa internacional multimídia da News Corporation (NASDAQ: NWS) que desenvolve, produz e distribui mais de 300 canais de entretenimento, factual, esportes e lifestyle em toda América Latina, Europa, Ásia e África, em 35 idiomas, o FOX Sports é a rede televisiva de esportes líder na TV por assinatura na América Latina, chegando a mais de 33 milhões de residências em 19 países na região e, no Brasil, com a missão de querer bater de frente com o monopólio de transmissões esportivas das Organizações Globo na TV Paga.

Contando com cerca de 200 profissionais, fazem parte do time de apresentadores da FOX Sports Brasil Anita Paschkes, Eduardo Elias, Erich Pelitz, José Ilan, Renata Cordeiro e Tammy Di Calafiori. Os narradores Éder Reis, Hamilton Rodrigues, João Guilherme e Marco de Vargas. Já os repórteres serão André Cavalcante, Fernando Caetano, Flávio Winick, Juliana Rios e Victorino Chermont. Os comentaristas serão Carlos Simon e Paulo Julio Clement.

Até o fechamento desta edição a entrada do FOX Sports Brasil ainda é incertano live up das TVs Pagas e as negociações com outras operadoras como Oi TV, Via Embratel, TVA também seguem a todo vapor, apesar do aparente risco da emissora estrear sem ter um lugar certo na TV Paga. Por ora, o canal esportivo do Grupo FOX, possui os direitos de exibição da Copa Santander Libertadores da América 2012, da Copa Bridgestone Sul–Americana 2012 e, para o segundo semestre, da Lega Nazionale Professionisti Serie A (liga italiana) e da Premier Barclays League (campeonato inglês), além do campeonato de tênis Brasil Open.

“Estamos entusiasmados por ter assegurado os direitos para uma das ligas de futebol de maior prestígio no mundo. Enquanto nos preparamos para lançar o Fox Sports no Brasil, com direitos exclusivos para TV por assinatura da Copa Santander Libertadores, no segundo semestre do ano teremos uma grade ainda mais forte, somando a Serie A italiana, a Copa Bridgestone Sul-Americana e a Barclays Premier League (Campeonato Inglês)”, disse Carlos Martinez, presidente da Fox International Channels América Latina.

“A Serie A italiana é um dos ativos mais valiosos da MP & Silva, e estamos muito orgulhosos da parceria com a Fox para levá-lo para o público brasileiro e da América Latina”, disse Carlo Pozzali, CEO Americas  da MP & Silva. “Como os clubes de futebol italianos são o lar de muitos jogadores brasileiros e argentinos de sucesso, tenho a certeza de que os fãs terão prazer em poder assistir a seus ídolos no período dos preparativos para a Copa do Mundo que acontece no Brasil em 2014 “. Abaixo, assita o vídeo promocional de lançamento do canal:

Uma tentativa de driblar esta situação é o anúncio da possível compra do canal Band Sports, do Grupo Bandeirantes que, além de já ter acertado a sua transmissão com diversas operadoras de TV Paga e ter o sinal aberto para antena parabólica, a emissora possui os direitos de vários eventos esportivos como a próxima Copa do Mundo e Olimpíadas. Consultada, tanto a assessoria da Band, quanto da Fox, negam a compra do canal. Nos bastidores, fala-se de um projeto de parceria. Entre os colegas da imprensa a venda já é dada como certa.

Dona dos direitos de exibição da temporada 2012 da Libertadores, o FOX Sports Brasil teve uma avant-première para os assinantes da TV Paga nesta quinta-feira (26) bastante desastrosa. Marcada por falha técnicas, a primeira transmissão da Fox Sports na Copa Libertadores se deu no jogo em que o Internacional venceu o Once Caldas por 1 a 0. Para cobrir o jogo, a FOX usou o espaço dos canais FX e Speed e, curiosamente, exibiu o mesmo jogo nos dois, ao invés de colocar no outro um outro jogo de time brasileiro que acontecia no mesmo horário, privando os telespectadores de assistir Real Potosí 2 x 1 Flamengo. A confusão irritou os telespectadores e foi alvo de críticas no Twitter.

Mesmo com essa pré-estreia um tanto conturbada e focada muito mais no show esportivo do que propriamente no jornalismo, a vinda da FOX Sports para o Brasil mostra que o país está se tornando um mercado em expansão para os gringos. Quem sabe, o grupo não anima de lançar em breve a FOX News brasileira? Para os telespectadores da TV Paga que curtem a transmissão de eventos esportivos, a entrada de mais um canal é uma janela importante para que o público possa conhecer novos modelos de transmissão e, desse modo, não ficar refém, de uma única visão.

Além disso, a entrada de um novo canal abre uma oportunidade para que outros profissionais de diversas áreas em TV possam entrar no mercado de trabalho. No mais, a estreia da FOX Sports Brasil nos motra o quanto o nosso modelo de TV Paga está falido, uma vez que é as operadoras que decidem o canal que vai entrar em cada pacote, e não o público. Se pagamos por um serviço não deveriámos ter o poder de escolha de um número mínimo de canais por pacote e cada emissora lutar para conquistar para si mais assinantes? Fica a dica.

________________________________________


*Autor: Wander Veroni, 27 anos, é jornalista pós-graduado em Rádio e TV e especializado em mídias sociais. É autor do blog Café com Notícias (http://cafecomnoticias.blogspot.com). Twitter: @wanderveroni / @cafecnoticias.