Cena Séries: Ugly Betty e quando uma história é desnecessária

18 de março de 2010 1 Por Endrigo Annyston

Tenho dito aqui neste espaço e também no Twitter, diversas vezes, como é uma pena terem cancelado um produto tão bacana e redondo como Ugly Betty.

As histórias estão cada vez melhores, e, conforme Betty vai caminhando para ficar bonita – aliás eu disse aqui nesse espaço que quando isso acontecesse iriam cancelar a série! – a personagem vai descobrindo um novo rumo, abrindo novas possibilidades.

A questão é que nem tudo é permitido.

Por mais que os episódios estejam divertidos, essa história de Daniel se envolver em uma seita após a morte de seu “amor de alguns episódios” foi extremamente surreal.

E o fato de ela se chamar Molly, assim como a personagem de Ghost, e, ainda mais próximo do filme, aquela “conversa final” que tiveram, mesmo que apenas na imaginação de Daniel?

Eu achei bizarro e fora do contexto.

Também, de qualquer forma, preferia ver bizarrices que a série fora do ar.