Cena Sonora: GaGa e Beyoncé, uma parceria que deu certo

Nem todas as parcerias musicais dão certo, algumas, porém, fazem história.

É o caso de Lady GaGa. A última, inclusive, mereceu um post, semanas atrás, tamanha é a repercussão de seu trabalho, e, especialmente, por bater em uma tecla bacana com os jovens: ela prega que cada um deve ser o que tiver vontade de ser.

Primeiro as duas gravaram Video Phone, de Beyoncé, e ainda estão colhendo frutos da parceria, afinal, a música ocupa as primeiras posições nas rádios.

Sem perder tempo, lançaram semana passada Telephone, desta vez, música de Lady GaGa com a participação da morena.

Clipe com uma duração maior que o convencional, um “mini filme”, já está dando o que falar, e, mais uma vez, “causando”.

E causar seria novidade quando se trata de GaGa?

10 thoughts on “Cena Sonora: GaGa e Beyoncé, uma parceria que deu certo

  1. O clipe de Videophone não é lá essas coisas, mas Telephone, com certeza vai ser um marco, pela parceria musical e por ser considerado um novo "Thriller".
    E podemos nos preparar porque uma parceria Gaga + Britney ou Gaga + Shakira está a caminho ;D

  2. O rádio, trabalhei durantes alguns anos prestando serviços a mais de 1 mil emissoras nesse pais, presenciei de perto o que é o descaso, e o desrespeito com o artista brasileiro.

    É muito mais aceitável dentro na programação de diversas emissoras (Não todas) o conteúdo internacional, do que o nacional, é uma inversão de valores incrível, sou totalmente a favor da diversidade, e da inclusão de musicas de outras culturas no radio, porem o que vemos hoje é bem diferente é um marketing descarado e absurdo, um espaço tremendo para as musicas internacionais e uma minoria nacional.

    Entramos na historia do pagando bem que mal tem, o maior desrespeito de muitas (não todas) rádios é o famoso jabá, uma forma ultrapassada, com a justificativa de manter a radio, ora isso é so uma justificativa, pois existem inúmeras maneiras de fazer dinheiro em radio e quem já trabalhou com isso sabe. Muito bem

    Sinto que nossos artistas em nosso território perca espaço para os internacionais, quando poderia existir um bom senso em ambos, e posso dizer por presenciar que não é pela falta de talentos nacionais e sim pela falta de oportunidade ou dinheiro.

    A gravadora pagou, tocou. O top 10 de muitas rádios é comercializado e isso sim e triste.

  3. A propósito, tudo bem que a Lady Gaga e bizarra e tudo o mais, mas Endrigo que foto é essa q vc colocou da moça tadinha?

    Wellington vi no teu perfil q vc é o interior de Goiás, é os goiano no Cena o/

  4. Telephone um novo Thiller? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk SONHA! Não gostei de Telephone mas admiro a Gaga e a Beyonce por serem as unicas artistas atualmente que estão buscando trazer 'novidades' para o público. Bad Romance sim, foi um clipe daqueles q me impressionou e surpreendeu a todos!

  5. Oi Endrigo!

    Outro dia comentei sobre esse clip no Twitter. Confesso que custei para entender a proposta da Lady Gaga. Hj, acredito que ela veio fazer a diferença no mundo pop e tem tudo para escrever uma bonita tragetória de sucesso e originalidade.

    Abraço

  6. Tudo bem que ela faz um bom trabalho e tal,mais acho muita paparicagem para aguem que tá começando agora,ela tem este gás todo agora,quero ver ela manter tudo isso.

    Acho afronta dizer que ela será a nova Rainha do POP,até um tempo desse quem era a candidata era Britney Spears,que embora tenha seus altos e baixos,tb creio que seja a mais apta a tal posto.O clip ou melhor mini filme é legal e bem produzido,mais retrata sempre o mesmo tópico,MORTE,ENVENENAMENTO, SUICÍDIO,(muito comum nos clipes dela)acho isso uma mensagem pesada em um tempo em que todos procura a musica para refugiar seus problemas.

    Pode ser legal vendo,engraçado,muito "doido"mais no fundo a mensagem mesmo não sendo propositalmente é negativa.

    Tudo bem que aqui em nosso país existem até coisas mais explicitas na música,chegando a causar vergonha,mais cada qual com seus gosto,afinal vivemos em uma democracia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *