Cena Sonora: Se eu pudesse voltar no tempo…

4 de dezembro de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Hoje enquanto programava os posts do Cena Aberta me deu vontade de fazer algo que há muito tempo não fazia: ouvir Cher.

Alguém não a conhece?

Para muitos uma atriz, para outros uma cantora… para muita gente, uma diva gay. Cher é uma quase, sei lá, travesti.

Roupas extravagantes, cabelo e maquiagem seguindo o mesmo estilo. Apesar do lado excêntrico, interpreta e canta muito bem.

Bom, não a toa já levou para casa um Oscar, três Globos de Ouro, um Emmy e um Grammy.

Posso até dizer que Cher é um dos marcos da minha infância… quem aí não gostava do filme Minha Mãe é uma Sereia e não gostava de Gypsies, Tramps and Trieves?

Pois é, e eu nem tinha noção de quem era Cher digamos… até cinco anos atrás, quando assisti o DVD Living Proof: The Farewell Tour, anunciado como a última turnê de sua carreira – a turnê mundial feminina mais bem sucedida da história – 2007 Guinnes World Records.

Bom, se até agora você não ligou o nome a pessoa, procura aí a música Believe… certeza que você já curtiu essa faixa em alguma balada!

Pesquisando sobre ela encontramos números surpreendentes: 250 milhões de cópias vendidas, já eleita a maior artista feminina de todos os tempos. Em 2007 o A&E a elegeu como uma das três maiores atrizes da história ao lado de… escuta essa: Audrey Hepburn e Katherine Hepburn!

Faz qualquer Madonna morrer de inveja, né? O sonho da loira é ser reconhecida como atriz… rs

Tá bom já, né? Não dá pra resumir Cher em um único post.

Anota aí: ela está preparando um novo disco de estúdio.

Agora vamos curtir um pouco?

“All I really wanna do is baby be friends with u, baby be friends with u…”

“Strong enough to live withou u…”

* Clique aqui e saiba mais sobre Cher