Cinema: Nosso Lar não é tão bom assim

Fui duas vezes assistir o filme e não consegui entrar, ingressos esgotados. A impressão que eu tinha, era que ia me surpreender e foi assim que sai no cinema, ZzZzZzZz…

Não tive reação nenhuma, não gostei de como foi passada a história, tudo meio vago, solto, não passou emoção em momento algum.

Gostei de todas as cenas no “umbral”, um realismo perfeito, cenas parecidas com as dos Piratas do Caribe- quando vão buscar o Jack no inferno- muito bem feita, as imagens do “céu achei  fake, tinha historias ali que poderiam ser mais exploradas e não aconteceu.

Um filme com a temática espírita pode e deve ter uma bela historia e passar emoção, amor, surpresa e ate ação e aventura, o que foi passado era: um homem caminhando e aprendendo, caminhando e aprendendo, e só. Nem a parte do encontro com mãe no céu e com a família no plano físico não emocionou, sem contar com algumas interpretações sem sal, destaque mesmo pra Xica Xavier- que em uma pequena participação foi demais- e para Rosanne Mulholland- que se a história fosse dela, seria bem melhor.

Uma comparação: o ultimo capitulo de EnE mesmo faltando alguns desfechos eu assisti de novo no outro dia, já esse filme não me tocou pra assistir de novo, nem quando sair em DVD ou passar na TV! Uma pena porque curto demais esse tema e entendo porque não vai representar o Brasil no Oscar, falto historia ali.

* do internauta Raf.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *