Coisa linda esse filme, meu favorito ao Oscar

Quando eu li o título pensei: “Um filme sobre cavalos com 2h20 de duração? Certeza que não verei nem dez minutos”.

C-e-r-t-e-z-a que em dez minutos eu já estava chorando e, um tempinho depois, soluçando. Uma das produções mais lindas que já vi na vida.

Fui assistir sem saber do que se tratava e, só no final, vi o nome de Spielberg nsos créditos. Realmente, tinha que ter grife.

Me admira estar em baixa nos cinemas, total falta de informação – e eu também estou nessa categoria.

Incrível o roteiro que fizeram para esse cavalo Joey. E filme com animais já é aquela coisa, né?

Não tenho nem vergonha de dizer: se chorei com Marley e Eu, solucei m-e-s-m-o com Joey.

É um longa que tem todos os ingredientes que me fariam fugir. Tem uma cara de produção antiga, é sobre cavalos, não tem agilidade, em dado momento as imagens são escuras e… ainda assim me apaixonei.

Acho fantástico o quanto a gente tem uma opinião formada, gosto definido e, no entanto, continua receptivo, pronto pra se surpreender.

De todos os filmes que eu já recomendei na vida, esse é o que mais faço questão que vocês assistam. E recomendem, da minha parte, é extremamente merecedor do Oscar 2012!

+ Steven Spielberg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *