Copa Hotel: Welcome to Rio (1×04)

Elenco competente, fotografia surrada remetendo a decadência do hotel, direção com uma ou outra falha, mas o que realmente está em baixa em “Copa Hotel” é seu roteiro. Achei este episódio completamente avulso e sem sal, diálogos rasos e uma proposta de susto que mais incomodou do que despertou o desespero no personagem.

As tramas tendiam a fluir bem, mas aqui houve uma pausa na diversificação dos personagens do hotel para focar na figura do “sequestrador” de Fred e seu método de tortura. O óbvio é que tal sequestro foi encomendado por alguém de dentro do hotel e é engraçado ver Bill nervoso com a possibilidade de se chamar a polícia.

Infelizmente a série peca em não aprofundar as relações de Fred com Maria ou Antonia, mantendo as coisas totalmente superficiais. O engraçado é ver Antonia relaxada, enquanto Maria está em constante desespero por conta do desaparecimento de Fred.

No mais nem a presença de foi aproveitada, enquanto os funcionários do hotel, ou o amigo de Fred parecem desfilar com frases de efeito sem muita serventia.

Ao menos no fim deste episódio parece que Fred conseguiu fazer o serviço completo com a prostituta estudante de direito. Infelizmente, mais uma personagem que aparece sem dizer a que veio, com uma história que poderia ser melhor aproveitada e que sai de cena e não sabemos se voltará.

“Copa Hotel” em seu 4º episódio ainda não encontrou a própria identidade.

Danilo Artimos
Episódios Comentados
– @DanArtimos
– @EpiComTV

3 Comentários

  1. Em Copa Hotel espera-se que a segunda temporada melhore com a entrada de novos personagens.E que tenham epísódios mais criativos com o triângulo amoroso da série.

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*