Cordel Encantado perde ritmo e tá chatinha. E agora Bial?

Tenho comentado com os internautas que Cordel Encantado perdeu um pouco o ritmo. Hoje, definitivamente, não está classificada como imperdível para mim.

Essa história do principe com a Antonia é um verdadeiro pé no saco.

Enquanto isso deixaram Debora Bloch escondidinha, sendo que poderia render muito mais.

Continua valendo pelos sempres excelentes Marcos Caruso e Zezé Polessa, mas…

Será que como em Cama de Gato as autoras começam o folhetim com todo aquele clima de novelão e de repente vão fazendo um embromation?

Tem muita coisa ali andando em círculos, cansa.

Olha, Morde & Assopra, como dizem, é um mais do mesmo do Walcyr, mas a trama está andando.

Coincidência? A audiência também caiu.

Então, Thelma e Duca, porque parou, parou porque?



2 comentários em “Cordel Encantado perde ritmo e tá chatinha. E agora Bial?”

  1. Concordo, apesar do capítulo de hoje ter sido muito bom, com a briga entre Cícero e Inácio. Antes desse, a novela estava meio morna mesmo.

    Eu gosto do romance entre Antonia e Inácio, o que eu não gosto é do casal Açucena e Jesuíno, ela é chata demaaaaais e ele é uma mosca morta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *