A Cura é a melhor produção brasileira de 2010

14 de outubro de 2010 0 Por Endrigo Annyston

A cada dia que passa tenho a certeza de Manoel Carlos caminha para entregar a João Emanuel Carneiro o posto de meu autor favorito.

Acho que eu apenas ainda não assumi isso por considerar ser cedo. Maneco tem uma bagagem de anos, tenho uma “história” com ele. Suas novelas marcaram minha vida.

No entanto, não posso negar a admiração crescente que sinto por João Emanuel, o único autor da atualidade capaz de ousar e o faz com total capacidade. Tem argumentos para tornar suas ideias atraentes e, mais que isso, ele instiga, te faz querer ver mais e mais.

Por isso afirmo com total prazer que A Cura é a melhor produção televisiva de 2010 e aqui incluo tudo, séries, minisséries, novelas e demais programas. É um achado!

E sou capaz de dizer mais: a última vez que vi algo desse nível na TV nacional foi com A Favorita, produção de sua autoria.

Comecei a assistir esse seriado meio que tentando entender o que estava acontecendo e para onde iria caminhar. E ele não deu pistas do que pretendia fazer.

Nos episódios finais da temporada vivi um sentimento de total embasbacamento com a volta que A Cura deu. Primeiro ele te envolve e depois te surpreende com o famoso “pulo do gato”.

Tenho total certeza que ninguém esperava o final e muito menos o rumo tomado nos episódios que culminaram nessa “season finale”.

Sim, dá pra se chamar assim: A Cura, assim como Força Tarefa, é comparável a produções americanas e, como elas, teve um final de temporada com um tremendo gancho para uma sequência.

João Emanuel é o maior acerto da Globo nos últimos anos e me dá orgulho porque ele é brasileiro, é coisa nossa!

Obrigado JEC, mais uma vez!