Datena volta para a Record e emissora investe pesado no mundo cão

18 de junho de 2011 0 Por Endrigo Annyston

*Por Wander Veroni

Apesar de tentar camuflar ao máximo – e se dizendo uma TV de Primeira (?), de alguns anos para cá, a Record voltou a apostar novamente no noticiário “mundo cão”, aquele baseado em tragédia, crimes, desgraça e denúncia. É aquele formato que atrai audiência, mas que afasta o telespectador que gosta de ver (outro tipo) conteúdo. Em 2005, com o intuito de dar um novo gás à programação, a Record quis eliminar da grade tudo que era popularesco e imprimir um padrão de qualidade. Não deu certo! Tentaram imitar a Globo, mas o tiro saiu pela culatra. Aos poucos, a Record foi construindo a sua própria linha editorial e se viu com os dois pés (bem fundos) no mundo policial, principalmente na programação local. Essa semana, com a contratação de José Luiz Datena, a Record escancarou de vez: o mundo cão está de volta a todo vapor!

É sabido entre os jornalistas que a editoria policial sempre deu muito mais audiência do que qualquer outra. Isso é fato! Apesar de sabermos que a TV aberta está de olho na nova Classe C, a volta de um dos noticiários policiais mais polêmicos das tardes da televisão nos faz ver que a Record quer ir pelo caminho mais fácil e contratou o profissional que se tornou referência, quando pensando em um âncora desse tipo de telejornal. Datena é uma figuraça! Acredito que ele só de falar qualquer coisa no ar já atraia audiência pelo seu jeito sincero e escrachado. Mas, o que me assusta, é o rumo que a TV aberta está tomando. Nada se cria, tudo se recicla ou compra de produtoras estrangeiras. Complicado!

Menos de uma semana de rompimento de contrato com a Band, Datena estréia nesta segunda-feira, de 17h às 19h, o novo Cidade Alerta, na Rede Record. A idéia é alavancar a programação vespertina e, principalmente, a média do início da grade noturna. Há quem diga, dentro da emissora, que provavelmente Rebeldes deve mudar de horário, indo para faixa das 20h, para que Datena entregue o horário para o Jornal da Record, com uma média muito melhor, às 19h. Há ainda, outro grupo, que defende que a novela seja exibida no meio do Cidade Alerta para segurar a audiência e não haver choque entre os dois públicos. Pode ser que isso não aconteça e que a novela continue no horário habitual, mas enfim….como a programação da Record é uma caixinha de surpresa tudo pode acontecer. Só segunda-feira feira (20/06) teremos a resposta!

De acordo com fontes de dentro da própria Record, o telejornal policial já estava com a produção montada há pelo menos dois meses e, caso os bispos não conseguissem tirar Datena da Band, o noticiário iria estrear de qualquer jeito com Marcelo Rezende. Outro detalhe que aumentou ainda mais as especulações da volta de Datena à Barra Funda foi o fato do Comandante Hamilton – parceiro do apresentador em captura de imagens aéreas, ser contratado um pouco antes. Com um carga de trabalho pesada no rádio e na TV, Datena já sinaliza algum tempo estar insatisfeito com a Band, principalmente pelos rumos que o canal está tomando.

Mas, o que mais pesou para a escolha de Datena foi o fato da Record perdoar uma dívida que ele tinha com a emissora, em torno de R$ 20 milhões, por conta de uma quebra de contrato há oito anos atrás. Com contrato de cinco anos, especula-se que o salário do apresentador será por volta de R$ 500 mil, metade o que ele ganhava na Band. Será? No entanto, a novidade mesmo do novo Cidade Alerta é a transmissão simultânea no Portal R7, ao vivo, onde o público poderá interagir com o apresentador, seja enviando vídeos, fotos, denúncias, recados, além de poder conferir o Blog do Datena, no portal, a partir do dia 20. Jornalismo policial na web, quem diria….e você, vai assistir?

________________________________________


*Autor: Wander Veroni, 26 anos, é jornalista pós-graduado em Rádio e TV, ambas formações pelo Uni-BH. É autor do blog Café com Notícias (http://cafecomnoticias.blogspot.com). Twitter: @wanderveroni / @cafecnoticias.