Dercy de Verdade: Final decepcionante

Na noite da última sexta a Rede Globo exibiu o capítulo final da minissérie Dercy de Verdade. Achei decepcionante, no geral.

A passagem de tempo que culminou na troca de Heloísa Perissé por Fafy Siqueira foi gritante. A diferença foi perceptível.

Insisto, desde as primeiras imagens acreditei que Fafy Siqueira seria um espetáculo a parte. E realmente foi, naquelas passagens em que Dercy narra sua história como se fosse um espetáculo.

Nos off´s, entretanto, a voz era a da Fafy. Não estava interpretando Dercy assim como não se entregou totalmente em diversas outras cenas. Fafy era Dercy somente nos momentos escrachados.

E aí que o encantamento deixado foi Perissé teve fim quando a nova Dercy entrou em cena. Eu vi muito mais a Dercy em Heloísa que em Fafy e, insisto, por pura falta de dedicação da segunda que preferiu ser ela mesma na maior parte do tempo.

Também achei extremamente desnecessário Jorginho Fernando escalar sua mãe até para essa minissérie. Que porra, nem Dercy fica ilesa dessa papagaiada do diretor?

Acredito, por fim, que a produção teria tido um final mais digno caso tivessem mencionado que Dercy encerrou os últimos anos de sua carreira no SBT. Faltou esse detalhe o que torna a produção incompleta.

E o Bruno Boni? Valeu como homenagem ao pai, mas, como ator, foi o único a destoar radicalmente do restante do elenco. Extremamente fraco.

Devo dizer, entretanto, que Armando Babaioff surpreendeu positivamente assim como Samara Felipo, ela estava a cara de Decimar quando visitou a mãe no hospital.

Num balanço geral Dercy de Verdade foi um espetáculo a parte. Grandiosa, irreverente, emocionante e uma bela homenagem a uma das maiores humoristas do Brasil.

Dercy Gonçalves merece essa e muitas outras homenagens. Pena que muitas delas poderiam ter sido feitas ainda em vida, mas né?

A Globo exibiu o momento em que a atriz teve que se despedir de seu público porque seu contrato não foi renovado. Poderia ter contado, ainda, que fez o mesmo ao limá-la do Zorra Total e, pela falta de espaço, aí sim foi para o SBT onde o Fala Dercy também teve vida curta.

Enfim, agora é tarde, vale o elogio pela produção, apesar das cacas nos instantes finais.

Vale adquirir o DVD, Dercy de Verdade é um achado especialmente por Heloisa Perissé. Arrasou, porra!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*