Desperate Housewives: Aê Susan, se fod… (7X04)

Quando Maxine surgiu dizendo que Susan deveria deixar a vida de… vadia, fiquei imaginando: serááá que Susan vai escapar ilesa, não vai cair na boca do povo e muito menos irá rolar um forfé entre ela e Mike?

Bem, em Desperate Housewives sabemos que pode demorar, mas um dia a verdade vem a tona.

Aparentemente ela escapou sim – o que foi essa doida rasgando o outdoor e caindo feito uma pamonha no chão? -, mas quem era aquele que encontrou a foto no lixo? E o que será que Maxine propôs?

Quem mais não se matou de rir com Renée e o anãozinho? O que era aquela mulher querendo brincar escalar as paredes com medo? Ou Bree recebendo a visita do netinho, tão simpaticamente enviado pela “amiga”?

Outra pergunta: quem não sabia que ia dar merda a relação de Gabrielle com sua verdadeira filha?

Qual é a daquela mulher do Paul?

Agora o mais importante: como Lynette é uma mulher admirável. Não pelo que fez com Penny, se aproveitando dela, nem por tentar mostrar para a diretora da escola que nem toda mãe era a melhor do mundo, afinal foi provado que elas existem! rs

Também não digo isso por ter criado cinco filhos e aturar as frescuras de Tom.

É toda a sinceridade dessa mulher: ela não passa a mão na cabeça de ninguém e se tiver que dizer algo vai até as últimas consequências, inclusive ao afirmar com todas as letras que prefere ser a mulher feliz ao invés de uma acabada.

Acho que é a personagem mais humana da produção e, vamos combinar que muito disso é “culpa” de Felicity Huffman, que é um espetáculo a parte.

Melhor episódio da temporada, sem a melhor sombra de dúvida! Recuperou o bom ritmo 🙂

____________________________________


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *