Desperate Housewives e o melhor episódio da temporada 8X08 [série recomendada]

17 de novembro de 2011 0 Por Endrigo Annyston

É quase um “Ufa”: antes do fim Desperate Housewives conseguiu entrar para a lista de [séries recomendadas] do Cena Aberta.

E ainda não era? Não.

Quando comecei essa lista, há poucos meses, Desperate vinha de um ano horrível, o pior de sua história. Tanto que culminou no anuncio de uma temporada final.

Aparentemente já não tinham mais o que contar.

Por sorte os roteiristas ainda guardavam um trunfo para um novo suspiro, portanto, por isso DH voltou a ser interessante, comentável e, finalmente, recomendável.

O assassinato do padrasto de Gaby trouxe um frescor, é o melhor momento da produção desde que Andy foi embora. E Katherine.

Esse episódio então, o melhor do ano oito. Incrível, diversos bons momentos como Gaby dançando musiquinha de Natal pra seduzir, Lynette quase flagrando o ex marido transando, Susan jogando um copo com nada pra estragar sua obra de arte…

E Chuck juntando pouco a pouco todas as informações e jogando tudinho na cara de Bree?

Será que na verdade ele já sabe de t-u-d-o e está mandando as cartinhas e assombrando a ruiva? Quem seria a outra pessoa por dentro de tudo? Os vizinhos gays? O casal de velhinhos? Paul querendo se vingar?

A filha de Bree? Andrew? Ele realmente sumiu…

Em resumo, está instigante, nos coloca pra pensar, comentar, vibrar e é isso que se espera de Desperate Housewives, uma série que sempre foi ativa e sem prazo de validade.

É bom saber que vai sair de cena em alta!

Ah, ainda tem mais um detalhe: Bree e Gaby chamadas de lésbicas!

Adooooro!