Diferente de Passione, valeu a pena esperar por Insensato Coração, está imperdível!

Ufa, enfim uma novela com embromation, com a síndrome do “espera tal coisa que depois a novela acontece”, mas que definitivamente teve uma grande virada e, portanto, se tornou imperdível.

É bem verdade que aquela cena em que o Pedro conseguiu a informação de Irene foi tão, mas tão absurda que… quer dizer, como ele não conta e não é por causa dele que a novela está um achado, vamos falar de Léo?

Mais uma morte sensacional em seu currículo.

Eu a-d-o-r-o as cenas de morte protagonizadas por Léo.

Ele é de uma frieza ímpar e como vimos isso vem desde a infância.

Não, não gosto de assassinos, mas é um vilão assim que movimenta de verdade uma novela.

Depois quero vê-lo se ferrando bonitinho, lógico. Antes eu quero é muita adrenalina!

E Irene morreu lindamente… ploft!

Ainda teve Eunice levando mais um fora de Marina, e um fora divino.

A Bibi, por mais que seja um repeteco na carreira de Maria Clara Gueiros, é outra que acaba rolando. Nossa Senhora da Piriquita Frustrada daqui, Nossa Senhora das Periquitas mal servidas de lá…

E Norma?

É bem estranho mesmo a família de Teodoro aceitá-la assim numa ótima, como ela mesma disse, mas a questão, no final das contas, é uma só:

Os autores quiseram apresentar todos os núcleos nos mííííínimos detalhes para que o telespectador se surpreendesse com essa virada e entendesse tudo.

Continuo achando que se tivessem usado o bom e velho “meses depois” teria sido muito mais proveitoso, contudo, com essa história de que novelas tem quase 1h30 no ar e praticamente um ano de duração, bem, nem todo mundo é o João Emanuel Carneiro né?

Enfim, pra quem parou de assistir por achar a novela chata, essa é a hora de voltar atrás.

Dessa vez valeu a pena esperar, mesmo.
 
Ah, ainda tem o casamento da Natalie…. adoooooooooooro!



3 comentários em “Diferente de Passione, valeu a pena esperar por Insensato Coração, está imperdível!”

  1. Ricardo Lacerda

    A Ana Paula Arósio não tem muito do que se arrepender de ter largado a Marina, pois a personagem como toda mocinha do Gilberto Braga é insossa (exceto a Raquel, que não é insossa, mas é chata toda vida). Agora o Fábio Assunção, esse sim perdeu um grande personagem. Um bandido da pior espécie.

  2. A morte da Irene foi ótima mesmo! Adorei a cena!

    Mas aquela namorada do Eduardo é de doer né? Ô MENINA NOJENTA!…kkkkkkk

    Agora vamos ver como continua a trama, que está melhorando, graças a Deus!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *