É aí que você vê as diferenças de gosto ou falta de

Ontem estava conversando com o Wander via e-mail. Ele me disse desejar um dia poder conferir uma TV de qualidade no Brasil.

Eu respondi que isso é impossível porque não é o que as pessoas querem ver. Tivemos uma super entrevista do Boni segunda no Roda Viva, mas quem assistiu?

Temos bastante produtos de qualidade, mas quem vê? Em compensação, compare com a audiência dos programas de qualidade duvidosa: é superior.

Basta analisar também quais políticos que serão eleitos. É esse o gosto – ou falta de – do povo brasileiro.

Hoje pela manhã um amigo me mostrou o video do CQC de segunda, com a participação daquela menina Sthefany no Silvio Santos.

Vocês viram o nível das respostas? Chuchu? Jesus?

Jesus m-e-s-m-o! Tanta gente estuda para ser alguma coisa e outros por qualquer merda que fazem ganham destaque.

A tal da Geisy vai lançar uma biografia, viram? Biografia DO QUE? PRA QUE?

Daí pra finalizar eu volto a entrevista do Boni. Ele citou algo que sua mãe disse:

“Não que a vida não seja boa, mas não vale a pena”.

E vale? Vale a pena você ver todas essas coisas desagradáveis? É pra rir ou é pra chorar?

Eu sei que lamento, e muito.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *