E assim eu desisto de True Blood (3X12)

Chega, né?

Diante do que vi na segunda temporada e da grande porcaria – tirando raras exceções – que foi o terceiro ano de True Blood, acho que é chegado o momento de pular fora do barco, assim como um dia fiz com Lost.

A produção não vai dar em nada e, provavelmente, terá um fim que deixará os fãs totalmente decepcionados. Ou seja, é bom vazar enquanto ainda as boas lembranças prevalecem.

Sério, o que foi aquela risada do Chucky da Sookie?

Tara com o cabelo do Bozo?

Fadas, bruxas… repito: se um dia eu disse que True Blood era o que Os Mutantes da TV Record tentou ser, hoje a história de Allan Ball caminha pra ser o mesmo samba do crioulo doido promovido por Tiago Santiago.

Foi bom enquanto durou, tchau!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *