É um pássaro? Um avião? Não, é o furacão AMOR À VIDA

É um pássaro? Um avião? Não, é o furacão AMOR À VIDA

21 de junho de 2013 2 Por Endrigo Annyston

Ficar sem assistir um dia de Amor à Vida significa pegar o bonde e não poder dar tchauzinho. Muita coisa acontece. Mes-mo.

Passei por isso ontem. Perdi toda a movimentação das manifestações e a grande develação de Félix.

Em um mês Paloma já descobriu a identidade da filha e Félix contou seu maior segredo pra esposa. Tanto o desabafo de Félix quanto o surto de Edith foram um espetáculo de atuação de Mateus Solano e Bárbara Paz. Os dois arrasaram na noite de ontem.

Além disso, pudemos ter uma confirmação: Edith realmente foi garota de programa e foi “contratada” por César para “salvar” o filho. Olha gente, há quinze anos César estava praticando a “cura gay”.

Não é que “conseguiu”?

Edith e Tamara viraram cúmplices da bicha má e o vilão recebeu inclusive dicas da sogra para tentar novamente se livrar de Paulinha.

Ainda no capítulo, Bruno sendo desprezado por Paloma, Valdirene se envolvendo em nova confusão. Adoro o lado religiosa da personagem. Outro dia não sabia o que fazer com a “bibla” e agora pediu ajuda pra Nossa Senhora da Salsicha. É mole?

Walcyr Carrasco continua acertando loucamente e, até aqui, para o Cena Aberta Amor à Vida segue como a melhor telenovela das 21h desde A Favorita.