Eliana: programa pra família ou pra fazer família?

Não via o Eliana desde que começaram as reprises, quando a apresentadora tirou férias em um momento equivocado.

Antes disso, via sempre e foram vários os elogios que este espaço fez à apresentadora. Passado.

Neste momento estou com a TV ligada no SBT, e, se antes eu disse que Eliana fazia uma “apelação fraquinha”, ao explorar de forma sutil o popô das poposudas, isso mudou, talvez por estar perdendo audiência para a Record.

Vi um médico falando de herpes genital, ejaculação e formas de se transar para que o bebê tenha o sexo desejado, como ducha vaginal, passar vinagre ou colocar apenas “metade do trem”.



6 comentários em “Eliana: programa pra família ou pra fazer família?”

  1. se liga q engraçado nao tinha nenhum comentario ,nao pq vc ta errado e´pq o programa tah tao ruim q ninguwem ta assistindo pra comentar aqui depois ,nem eu ,é uma pena pq a Eliana sempre foi demais
    rafa

  2. Acho que não existe apelação alguma no conteúdo.
    Acho que sinceramente hoje Eliana consegue ser superior a Eliana no conteúdo, e na apresentação, nada contra a Ana que eu gostava no Hoje em dia, mas no Tudo e possível ela se perdeu, E acho pior ainda a Record comemorar, a audiência do tudo e posivel usando o ‘troca de familia’ incorporado, a audiência subiu por causa do troca de família, e não do tudo e possível ou da Ana, o que prova que a Record deveria ter tirado oo programa do ar La atrás quando a Eliana saiu da emissora.

    Mas vamos ao que interessa ‘Eliana’ Acho que não houve nenhum tipo de apelação no programa, tanto que se você assistiu a primeira edição do os opostos se atraem vai notar que já havia danças e focos do gênero, o que é praticado em todas emissoras sem exceção, se você algo excessivo ate entenderia o comentário mas não foi.
    Quanto as temáticas, relacionadas a sexualidade, não vejo nada demais, esta instruindo as pessoas em um dia que o share é maior, e acesso a informação vai ser maior não deixa de ser uma prestação de serviço, mas é aquela historia vai do que é aceitável no seu ‘lar’ com seus familiares, aqui em casa é super natural discutir sobre este tipo de assunto derrepente em outros lares é diferente, ai tem o controle remoto. Eu acho que em quanto existir esse tipo de pudores da família brasileira a conteúdo que instrui na sexualidade, de forma correta, a AIDS vai continuar aumentando, mais gente infectada com DST’s enfim.

  3. não gosto da Eliana e não acho graça alguma nela como apresentadora. aliás, domingo não tem mesmo nada que preste na TV, assisto o futebol e um pouco do domigo espetacular e é o suficiente.

    MARI

  4. Eu concordo com o @doisclicks, ñ tem nada d mais falar sobre sexo no programa, afinal isso deveria ser algo natural hj, com esse quadro "Dr. Responde" a Eliana está direcionando o programa para um público mais feminino e se vc reparar geralmente ele entra no ar bem na hora do futbol, ou seja, mulher q ñ gosta de futebol vai ver algo q tem haver com o seu mundo, mas é claro q tem q ter um pouco d prudência no q se fala! só acho q a Eliana deveria arrumar o começo do programa, sempre foi um saco o começo, com aqueles quadros chatos e sem ritimo e claro o Celso tem q tirar a piscina e colocar logo o novo game do programa q estão anunciando desde fevereiro e até agora nada é só fazer isso o SBT volta a ter audiência nesse horário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *