Encontro e Esquenta vão contra tudo o que pregavam

8 de março de 2013 4 Por Endrigo Annyston

Não, não vou falar das previsões relacionadas ao desgaste das duas atrações. Aliás, volto a dizer: estou esperando o dia em que o Esquenta vai perder a graça.

O que motiva esse post foi um tweet elogioso que Fatima Bernardes recebeu dias atrás de Lulu Santos. Parabenizou a jornalista pelo programa e destacou o espaço dado a música.

Parei pra pensar e conclui que Lulu está cheio de razão. Há muito tempo pregam que musicais não dão mais certo na TV, não geram audiência. Curioso observar, no entanto, a repercussão e audiência do Encontro às sextas, dia em que Branco Melo faz um passeio pela história da música.

O quadro deu tão certo que é difícil encontrar um dia em que o matinal não tenha um musical.

O mesmo vale para o Esquenta, basicamente todo costurado com canções dos convidados e do elenco fixo, ou seja, será que realmente foi-se o tempo de abrir espaço para cantores ou o que falta é gente que saiba fazer?

Detalhe: também nadando contra a maré, buscam variedade e não focam apenas em quem está fazendo sucesso.

A nota, para os programas, é dez, nota dez!