Escrito nas Estrelas: Eu não gosto de novelinha

Tenho dificuldades com novelinha. Entenda por novelinha o famoso mais do mesmo o histórinha bobinha de amor. Especialmente quando não tem um tchan, uma pegada.

Por isso tenho criticado semanalmente a atual fase da série True Blood que está sim caminhando para virar uma novelinha boba de amor e conflitos familiares – e essa nunca foi a proposta.

Também pelo ritmo “novelinha de ser” desanimei com Escrito nas Estrelas. Não desisto totalmente por já ter assistido demais para fazer isso – depois de um tempo é difícil pular fora, como no caso de Viver a Vida.

Consegui fazer isso com Cama de Gato, a anterior das seis. Com um ritmo frenético logo no início, virou novelinha lá pela terceira semana. Abandonei.

E agora na novela das seis, de realmente interessante – além de Beatriz e Sofia -, o envolvimento de Beatriz com Gilmar. Mas ainda assim: cadê as maldades desse vilão que causava tanto e agora está dormindo no ponto?

De resto, só mais do mesmo: brigas repetidas por causa de um filho que faz balé, briga com a filha chata e rebelde, Daniel bravinho pelas mesmas coisas de sempre e o envolvimento de Viviane com o patrão.

E a audiência em queda livre prova que eu não estou errado!

Boring…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *