A estreia de Uma Rosa com Amor e um autor que não sabe o que diz

1 de março de 2010 20 Por Endrigo Annyston

Nesta segunda acontece a anunciada estreia de Uma Rosa com Amor no SBT, e, como sempre, o autor Tiago Santiago chama mais atenção que o folhetim em si.
Em entrevista à O Globo ele diz que troca de canal quando cenas violentas são exibidas e que não é isso que as famílias querem.

Bem, ele completa: “Eu mesmo, quase todas as novelas que fiz até hoje, tinham violência”.

Ainda bem que ele sabe e isso torna o “crime” dele menor.

Só que esse artifício, o da violência gratuita, foi o que salvou suas novelas e as fez alcançar índices surpreendentes de audiência. Em Bicho do Mato foi essa a “consultoria” que ele deu: incluir violência.

Então devo entender que o autor do didatismo e da violência ficará só com o didatismo?

Enfim, a pior parte do seu “grande” trabalho.

Não levem isso como uma crítica antecipada a Uma Rosa Com Amor, não é. Só fico admirado com alguém que servia desgraça e hoje oferece o “céu” porque “é o que as família querem”.

Bem, nem ele nem sua família assistiam as telenovelas anteriores? Engraçado, tinha familiares em peso de Santiago por ali.

É a vida desse meu lugar, é a vida…