Eu “pago um pau” por eles


Estou aqui curtindo meu DVD Ao Vivo e Em Cores de Victor e Léo, ao mesmo tempo em que quero falar sobre o novo trabalho da dupla.

Sabe que o único DVD musical que eu tenho é deles? Eu odeio DVD, não compro. Não tenho paciência de assistir.

Mas o deles eu vejo, revejo, canto, me encanto. As músicas são todas lindas, as vozes maravilhosas… e já fui num show, não menos maravilhoso!

Hoje se tem um artista que eu “pago um pau”, como dizem, … bem, teria que ser no plural né? Victor e Léo, dois grandes artistas.

“Tem que ser vocês, sem razão, sem porque, sem ser necessário entender…”

Os admiro pelas letras que tocam lá no fundinho da gente, que saem, acredito eu, do “coração” de Victor Chaves – que não a toa bateu Chico Buarque e Roberto Carlos na arrecadação de direitos autorais.

Cantam suas próprias músicas e fazem isso de forma única: são poucos os que podem se gabar de escrever e realmente cantar – tem quem tenta.

Fora tudo isso – e mais um muito – admiro especialmente o quanto são humanos, o amor que demonstram ter um pelo outro. E isso emociona, de verdade.

Isso está no DVD, nos shows, nos programas em que se apresentam. Dias atrás se emocionaram e nos emocionaram no Faustão.

E falam de Deus, de amor… energia!

Quem tem o Ao Vivo e Em Cores em casa sabe do que estou dizendo. E estou me preparando para adquirir o novo lançamento da dupla… já ouviram? Boa Sorte… Rios de Amor!…

Rios de Amor, diria Hebe, é linda de viver, não? Vamos curtí-la nesse sábado?

* Clique aqui e saiba mais sobre Victor e Léo



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *