Falta de atores veteranos não é o problema de “Além do Horizonte”

Hoje uma coluna publicou que a Globo pretende incluir atores veteranos na novela “Além do Horizonte”, além de escalar um autor para ajudar os titulares, visando tentar salvar a produção, que naufraga em sua segunda semana de exibição.
Ainda se esse fosse o problema, ok, mas não é. “Além do Horizonte” tem história e, até aqui, mostra a que veio. É diferente e interessante.
O problema já foi dito aqui: o elenco é muito fraco, mesmo quando se avalia o desempenho de veteranos – Alexandre Borges mesmo segue com os mesmos trejeitos de sempre.
Tá faltando, portanto, bons atores. A escalação dessa novela foi muito equivocada e deveria ter primado por nomes mais talentosos.
Quando Ricardo Waddington limou Fiuk, parecia que exitia uma esperança de que, ao menos nessa produção, veríamos talento e não rostinhos bonitos.
Não é o que acontece.

2 thoughts on “Falta de atores veteranos não é o problema de “Além do Horizonte”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *